Últimas Notícias

Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

Desiderato

Nesta semana a Justiça Federal em Montes Claros está ouvindo denunciados e testemunhas no processo da operação “Desiderato”, deflagrada pela Polícia Federal em junho de 2015. Várias pessoas foram acusadas de desvio de verba do SUS, principalmente na área da cardiologia. Fonte ligada à Justiça informou que vários dos envolvidos serão julgados até o próximo mês. Vem novidades por aí, inclusive com divulgação de fatos que não fizeram parte da primeira denúncia, na época, divulgada pela Polícia Federal.

Moradores de rua
Lamentavelmente a prefeitura vira as costas para a situação crítica e o crescimento do número de moradores de rua hoje residindo nas praças, avenidas e pontes da cidade. Na audiência pública proposta pela vereadora Maria Helena Lopes, que foi realizada na manhã de ontem na Câmara Municipal, o secretário de Desenvolvimento Social, Aurindo Ribeiro, simplesmente achou desnecessário sua presença e mandou representante. Aliás, o que se viu foi a transferência de responsabilidade e as tentativas de justificar a ineficiência da referida Secretaria para cuidar do problema.

Perdendo dinheiro
Informação que chega à coluna dá conta de que a Secretaria de Desenvolvimento Social, dirigida pelo ex-vereador Aurindo Ribeiro, está devolvendo recursos ao Governo Federal porque não está conseguindo executar os projetos. A notícia é de que seriam recursos já liberados. Fonte que apresentou a informação prometeu detalhar valores e os projetos prejudicados.

Fotovoltaica
Em meio às constantes informações negativas, a boa notícia é de que várias cidades do Norte de Minas receberão pequenas usinas de energia fotovoltaica. A informação foi passada à coluna pelo deputado estadual Gil Pereira, que faz parte da Comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa. Ele prometeu divulgar o nome dos municípios a serem contemplados. Aos poucos a região vem se transformando no principal polo deste tipo de energia no país.

Novela da Reforma
Aos poucos vem concretizando previsão da coluna, feita no início deste ano, de que dificilmente o Congresso Nacional votaria a tempo e a hora a chamada Reforma Política para ser aplicada nas eleições de 2018. Como a proposta tem que ser votada até a primeira semana de outubro, já que precisam estar em vigor um ano antes do pleito, não será nenhuma novidade acreditar que as eleições acontecerão com as regras e as dúvidas sendo resolvida pela Justiça Eleitoral.

Licenciamento
Já está pronto para ser votado no plenário da Câmara Federal o projeto que cria a Lei Geral do Licenciamento Ambiental, resultado de acordo das lideranças de bancada, de entidades ambientais e do Ministério do Meio Ambiente. O texto simplifica os procedimentos para a concessão de licenças, além de eximir empreendimentos agropecuários da exigência de licenciamento, dando prazo para os órgãos ambientais decidirem sobre os pedidos. No caso de exigência de pacto ambiental o prazo máximo é de dez meses. Aliás tem processo que fica engavetado por até oito anos. No Norte de Minas, várias obras estão paralisadas justamente porque tais órgãos demoram a manifestar.

 

Aldeci Xavier
Aldeci Xavier