Últimas Notícias

Montes Claros Vôlei perde para o Minas na primeira partida entre as duas equipes

Montes Claros Vôlei perde para o Minas na primeira partida entre as duas equipes

Montes Claros Vôlei perde para o Minas na primeira partida entre as duas equipes
Montes Claros Vôlei perde para o Minas na primeira partida entre as duas equipes

 

A partida entre o MONTES CLAROS VÔLEI e o time do Minas Tênis Clube (MTC) não foi como esperado pelos 2.153 torcedores que foram apoiar os donos da casa na luta contra o adversário e tentar garantir, antecipadamente, o segundo lugar na classificação do Campeonato Mineiro ADULTO Masculino de Voleibol.

A partida teve lances incríveis com troca de defesas, grandes saques, fortes bloqueios e discussões na rede. O jogo terminou em 3 sets a 1 com parciais de 25 x 18; 24 x 26; 21 x 25; 21 x 25 para o Minas Tênis Clube.

O próximo jogo entre as duas equipes é nesta quinta-feira, às 20h, também no Ginásio Poliesportivo Tancredo Neves, em Montes Claros. Os ingressos custam 5 reais (meia) e 10 reais (inteira) e podem ser adquiridos na Líder Notebooks Shopping e Minas Brasil-Matriz, bem como na Bilheteria do Ginásio no dia dos confrontos 3 horas antes do início do jogo.

O Jogo

Como esperado, o primeiro set começou com um rally sensacional entre o MONTES CLAROS VÔLEI e o Minas Tênis Clube. Lorena definiu o ponto para os donos da casa, depois de belíssimas defesas dos dois times. O time do técnico Chico dos Santos continuou concentrado e foi abrindo o placar, mantendo a diferença em 7 pontos.

O saque balanceado, oscilando com o chapado e o viagem, além do forte bloqueio impostos pelo Pequi Atômico fizeram a diferença no set. Só o oposto Lorena marcou dois pontos no saque, obrigando o técnico do time adversário a gastar os dois tempos a que tem direito em 8 x 4 e 15 x 9.

Os centrais Mesa e Tarcísio também fizeram a diferença no bloqueio e ajudaram a equipe a ampliar o placar e fechar o primeiro set em 25 x 18. Lorena foi o maior pontuador do set com 8 acertos.

O segundo set não começou bem para o MOC VÔLEI, com o Minas abrindo o placar em 3 a 1. Mas, o time norte-mineiro correu atrás do prejuízo e empatou o jogo. A alternância no placar foi a tônica deste set.

O Minas começou melhor, o MOC VÔLEI, empatou. O time da casa virou o jogo, o Minas empatou. Porém, quando o placar mostrava 11 a 11, o Pequi Atômico abriu três pontos em sequência, mas o Minas voltava a encontrar e até empatar em 21 a 21.

O técnico Chico dos Santos foi obrigado a pedir um tempo e a equipe voltou mais concentrada e abriu dois pontos de vantagem em 23 a 21. A diferença se manteve até o final do set e MOC VÔLEI depois de dois erros de ataque deixaram o time adversário fechar em 26 x 24. O ponteiro Najari foi o maior pontuador com 6 acertos.

O terceiro set começa com o time da casa errando na recepção e aces do time adversário. O Minas abre o placar e mantém a diferença favorável em dois pontos. O técnico Chico dos Santos faz uma troca de ponteiros, saindo Najari e entrando o Luan.

O bloqueio adversário fez com que Chico dos Santos pedisse tempo técnico quando o placar apresentava 7 a 2. Com o apoio da torcida, o MOC VÔLEI encostou no placar, obrigando o técnico do Minas Nery Tambeiro a pedir uma parada em 8 a 6.

O pedido técnico surtiu o efeito esperado e, novamente, o Minas ampliou a diferença em 17 a 13. Chico dos Santos ainda voltou com o Najari que iniciou a partida no lugar do ponteiro Luan. E o oposto Alemão no lugar do Lorena.

O placar apresentava 20 a 17, quando o técnico do Minas solicitou tempo para tentar ajustar o time e fechar o set e abriu 2 a 1 na partida. O tempo técnico deu certo para os visitantes que fecharam em 25 x 21.

O quarto set era tudo ou nada para o MONTES CLAROS VÔLEI e a equipe entrou focada para vencer e levar o jogo para o tie-break.  O jogo seguiu bastante equilibrado com erros seguidos dos dois times.

O bloqueio fez a diferença mais uma vez na partida e no set. O Minas conseguiu abrir vantagem com erros do MOC VÔLEI e o Minas fechou o set em 25 x 21.