Últimas Notícias

Montes Claros Vôlei perde em casa para o Minas e está fora da grande final

Montes Claros Vôlei perde em casa para o Minas e está fora da grande final

O duelo entre MONTES CLAROS VÔLEI e o Minas trouxe grandes emoções na reta final do Campeonato Mineiro Masculino Adulto de Voleibol. Um grande jogo marcou esse confronto na temporada que até então, estava empatado com uma vitória para cada lado.  .

Montes Claros Vôlei perde em casa para o Minas e está fora da grande final
Montes Claros Vôlei perde em casa para o Minas e está fora da grande final

 

 

 

Dentro de quadra, as duas equipes não deixaram o clima esfriar. Pelo contrário, o que não faltou foram suor, torcida acalorada e muita, muita força de vontade e entrega por parte dos atletas.

4.128 torcedores viram o Minas vencer fora de casa o MONTES CLAROS em 3 sets a 0 com parciais de 25/20; 25/21 e 25/21 em 1h32min. Agora, a equipe da capital mineira espera o seu adversário que sairá da disputa entre Sada/Cruzeiro e Juiz de Fora Vôlei (JFV). Jogo que será realizado no dia 04 de outubro, às 20h, no ginásio do Riacho em Contagem.

Agora, MONTES CLAROS VÔLEI volta à sua atenção para a Superliga Masculina de Vôlei. A equipe estreia fora de casa no dia 14, às 18h, contra o Lebes/Gedore/Canoas, no ginásio La Salle, em Canoas/RS. E só volta a jogar com o apoio da sua torcida no caldeirão no dia 21 de outubro, às 19h, contra o Juiz de Fora Vôlei pela segunda rodada da Superliga.

O jogo

Como era esperado, o primeiro set começou bastante equilibrado com as duas equipes trocando pontos. O Minas quando abriu dois, três pontos, o MOC VÔLEI empatava com bloqueios. O set seguiu empatado até o Minas abrir em 20 a 17, o que obrigou o técnico Chico dos Santos a pedir tempo técnico.

A equipe dona da casa parece que não conseguiu assimilar o que foi pedido pelo técnico e o Minas abriu ainda mais em 23 a 18. Um momento de descontração dos adversários e o MOC VÔLEI encostou em 23 a 20, obrigando o técnico Ney Tambeiro a pedir tempo. Os jogadores assimilaram as orientações e voltaram para quadra e venceram o set por 25 a 20.

O segundo set também começou bastante disputado com o placar apertado até o Minas abrir em 09 a 06 e forçar um tempo técnico para o MONTES CLAROS VÔLEI. Na volta do tempo técnico, a equipe com o apoio da torcida gritando “vamos virar Moc” incendiou o caldeirão e o técnico do Minas foi obrigado a parar o jogo em 13 a 13. A equipe da capital mineira voltou a liderar o placar e o Pequi Atômico sempre buscando reação o que causou a substituição de um ponteiro por outro. Saiu Vivalde e entrou Luan para ajudar na recepção. Mesmo assim, o Minas abriu em 18 a 14, e novo tempo técnico foi pedido por MONTES CLAROS. A equipe, outra vez, mostrou reação, encostou no placar e o técnico adversário pediu tempo em 19 a 17. A parada surtiu efeito e o Minas voltou a abrir a diferença e a manteve até o fim, fechando o set em 25 a 21.

O terceiro set começou com o Minas com saque balanceado e abrindo em 4 a 1, mas os donos da casa reagiram e empataram o jogo. O Minas voltou a abrir dois pontos e o técnico Chico dos Santos substituiu o ponteiro Luan pelo Vivalde. Mesmo assim, a diferença entre as duas equipes era de 07 a 04 e tempo técnico foi pedido pelo Pequi Atômico. O Minas continuou a mandar no jogo e abriu em 10 a 06. O placar estava em 19 a 16, quando o técnico da casa pediu novo tempo. O Minas voltou a reagir e fechou o set em 25 a 21 e a partida em 3 sets a 0.