Últimas Notícias

Adolescente de 16 anos é assassinada a tiros em escola de Goiás

Adolescente de 16 anos é assassinada a tiros em escola de Goiás

Uma adolescente foi assassinada dentro da própria escola, na manhã desta segunda-feira (6) em Alexânia, cidade a 123 km de Goiânia e 88 km de Brasília.

Raphaella Noviski, de 16 anos, foi atingida na cabeça por vários disparos de arma de fogo
Raphaella Noviski, de 16 anos, foi atingida na cabeça por vários disparos de arma de fogo

Raphaella Noviski, de 16 anos, foi atingida na cabeça por vários disparos de arma de fogo e morreu na hora. O crime ocorreu pouco depois das 8h da manhã, no Colégio Estadual 13 de Maio. As aulas foram suspensas.

O suspeito, Misael Pereira, de 19 anos, já foi detido pela polícia. Ele foi localizado e preso momentos após o crime, bastante nervoso.

De acordo com a Polícia Militar de Alexânia, ele teria pulado o muro da escola, munido de um revólver calibre.32, com objetivo definido de matar Rafaella, pois a garota foi a única baleada pelo atirador. Misael é um ex-aluno da unidade de ensino e não tem passagens pela polícia.

Segundo a delegada Rafaela Wiezel, designada para apurar o caso, a hipótese é de crime passional. “Tudo leva a crer que ele tentou namorá-la, mas foi rejeitado. Em seu depoimento, ele relatou que eles se conheciam há longa data e que tinha muito ódio dela. Por conta disto, resolveu comprar uma arma para se vingar e matá-la”, relata a investigadora.

De acordo com a Polícia Civil, Misael foi autuado em flagrante por homicídio qualificado e encaminhado ao presídio, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

Em pouco menos de 20 dias, esse é o segundo crime envolvendo adolescentes em escolas em Goiás. No último dia 20 de outubro, a tragédia no Colégio Goyazes, em Goiânia, culminou na morte dos adolescentes João Pedro Calembo e João Vitor Gomes, de 13 anos, além de outros quatro estudantes que ficaram feridos.