PÓS-GRADUAÇÃO PUC MINHAS em MONTES CLAROS

Obtenha mais clientes com a sua ficha do Google
Inicio » Colunistas » Pe. Ezequiel Dal Pozzo » Coluna do Pe. Ezequiel Dal Pozzo – O Deus Amor está sempre criando

Coluna do Pe. Ezequiel Dal Pozzo – O Deus Amor está sempre criando

Coluna do Pe. Ezequiel Dal Pozzo – O Deus Amor está sempre criando

Quando pensamos na criação do mundo, que ideia nos vem à cabeça? Certamente, muitos formados por uma influência religiosa forte pensam na criação em sete dias, como descreve a Sagrada Escritura. Outros, embora tenham recebido essa influência, já compreendem a criação a partir das descrições científicas que falam do Big Bang, onde a grande explosão de um átomo de energia pura deu início ao universo. Esse dado da ciência em nada contradiz aquilo que a Igreja compreende sobre a origem do universo. Ela sabe que as descrições bíblicas são eminentemente simbólicas e que para a revelação, o dado fundamental das narrações da criação, presentes na Bíblia, é a afirmação: DEUS CRIOU. Deus criou é a verdade que importa para fé, ou seja, no início de tudo, Deus estava lá agindo.

Partindo do dado fundamental de que Deus criou, surge outra pergunta: teria Deus criado o universo e depois se retirado fazendo posteriormente somente intervenções pontuais? A compreensão que temos de Deus é que Ele está no céu e de vez em quando motivado pelo nosso pedido ou pela sua vontade livre, interfere no mundo. Nisso ele cura, cuida, impede tragédias, evita catástrofes, etc, numa palavra, faz intervenções pontuais para o bem das pessoas e da própria criação. Na intervenção pontual ele age aqui e ali e depois de retira.  Essa é a imagem mais comum que grande parte das pessoas fazem de Deus.

Diante disso, gostaríamos de propor a reflexão, apresentando outra face do agir de Deus. Deus não criou o universo depois se retirou. Ele está em criação contínua, trabalhando a todo instante, fazendo a criação ser e impulsionando continuamente toda a criação para o bem e para a sua realização mais plena possível. Sem essa ação continua de Deus, podemos dizer que o mundo desapareceria. Afinal, se compreendemos Deus como puro amor, não podemos colocar em dúvida sua ação continua, permanente na criação. Deus não perde tempo e trabalha sempre. Ele é o “poeta do mundo”, capacitando continuamente todo o universo para que chegue ao máximo possível na realização de suas potencialidades, na mesma medida em que permitirem as limitações dos seus materiais e a flexibilidade das suas leis, pois não devemos esquecer que o mundo tem as suas leis. Na vida concreta do ser humano, por sua vez, Deus é o grande companheiro, apoiando a todos nos seus sofrimentos, abrindo ao sentido e convocando a esperança. Bate sem cessar na porta da nossa liberdade, para que acolhamos o seu impulso criador e o transformemos em vida autêntica, amor e serviço.

Essa imagem de Deus é muito mais fecunda e promissora daquela que compreende que Deus “aparece” e interfere somente de vez em quando no mundo, fazendo algumas coisas e outras permitindo. O restante do tempo se retira no céu. A criação continua de Deus, porém, em nada se opõe a justa autonomia das realidades terrestres, também defendida com clareza pelo Vaticano II.  O mundo tem suas leis de funcionamento. São leis próprias e específicas. Essas leis não recebem interferências de Deus ou do demônio como em tempos se pensava. É exatamente a palavra interferências que causa uma compreensão distorcida. Deus está sempre sustentando o mundo com seu amor e não só com algumas interferências. Como já dissemos, o imaginário de muitas pessoas tem presente a ideia de que Deus interfere e depois se retira. Diante disso, quero convidar você apensar a partir da ideia de criação contínua de Deus. Essa compreensão torna Deus muito mais próximo. Pensemos nisso…

Padre Ezequiel Dal Pozzo é sacerdote da Diocese de Caxias do Sul (RS). Cantor e compositor, lidera o Projeto Despertai para o Amor, de evangelização através da música e dos meios de comunicação. Já lançou 5 CDS e 1 DVD e roda o Brasil com shows musicais, palestras, missas e pregações. Apresenta diariamente a reflexão Despertai para o Amor em mais de 140 rádios de 19 Estados do Brasil e o programa semanal Despertai para o Amor na TV Evangelizar e na TV Nazaré. É editor da Revista Despertai para o amor de circulação trimestral e autor do livro“Beber na fonte do amor: como a misericórdia humaniza e traz verdadeira alegria”(Edições Loyola).

 

Padre Ezequiel Dal Pozzo
Padre Ezequiel Dal Pozzo

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *