Inicio » Norte de Minas » Cultura NM » Norte de Minas – 36ª Folia de Reis de São José de Alto Belo, a última fronteira da música brasileira de raiz

Norte de Minas – 36ª Folia de Reis de São José de Alto Belo, a última fronteira da música brasileira de raiz

Norte de Minas – 36ª Folia de Reis de São José de Alto Belo, a última fronteira da música brasileira de raiz

Começa na próxima sexta-feira e vai até domingo a folia mais importante do interior de Minas, em Bocaiúva, terra de Henfil e Betinho, que tem contribuído – ao longo dos anos – para a criação na comunidade de uma cultura artística, com marcante folclore religioso.

Norte de Minas - 36ª Folia de Reis de São José de Alto Belo, a última fronteira da música brasileira de raiz
Norte de Minas – 36ª Folia de Reis de São José de Alto Belo, a última fronteira da música brasileira de raiz

 

Distrito de Bocaiúva, Alto Belo tem este nome por localizar-se entre o Vale do Jequitinhonha e o Norte de Minas, num ponto realmente alto e belo, tendo a seus pés a nascente do Rio Verde Grande.

Durante a programação da festa – e nos demais dias do ano – o som que mais se ouve é o da viola, instrumento bem menor que o violão, batizado de viola caipira, viola sertaneja e viola cabocla. No rol de atrações, feira de artesanato, comidas típicas e mostra de literatura de cordel. O evento atrai, ainda, grande público por premiar os melhores mentirosos, imitadores e contadores de causos. Também escolhe o maior roedor de pequi, maior chupador de manga e os maiores comedores de farinha e rapadura.

Sexta – 12 de Janeiro

20h00 – Apresentações de ternos de Folia de Reis de Alto Belo e região;

21h00 – Grupos de Danças Folclóricas;

22h00- Apresentação de solistas de viola caipira.

Sábado – 13 de Janeiro

20h00 – Cortejo de bandeira e levantamento do Mastro de Santos Reis com presépio vivo;

21h00 – Abertura Oficial:

Execução do Hino Nacional por Cadú da Viola;

Pronunciamento de autoridades e apresentação do Terno de Folia de Reis de Alto Belo;

Apresentação de grupos de dança e teatro;

22h00 – Show com diversos artistas regionais;

02h00 – Show com tradicional forró pé de serra.

Domingo – 14 de Janeiro

12h00 – Apresentação de ternos de Catopê, grupos teatrais e ternos de Folia de Reis;

15h00 – Missa de Santos Reis celebrada no palco, com participação da Igreja Católica de São José de Alto Belo e do terno de Folia de Reis de Alto Belo;

16h00 – Apresentação de grupo teatral:

Corridas de jegue, porco, cachorro, galinha, cavalo de pau, de costas e carrinho de mão;

Concursos: Lundu para adulto e criança, maior chupador de limão sem fazer careta, maior chupador de manga, maior roedor de pequi, maior roedor de rapadura, melhor imitador de personagem da região, melhor contador de causo, a risada mais engraçada e imitador de bicho.

20h00 – Shows com diversos artistas regionais: moda de viola, show instrumental, duplas e grupos sertanejos entre outros;

00h – (Encerramento) – Shows com tradicional Forró Pé de Serra

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *