Publicidade FENICS 2108 - RESERVE JÁ,JÁ, SEU STAND!  
Inicio » Mais Seções » Ciência » Ancestrais do ser humano fizeram sexo com outra espécie, diz estudo

Ancestrais do ser humano fizeram sexo com outra espécie, diz estudo

Ancestrais do ser humano fizeram sexo com outra espécie, diz estudo

Uma misteriosa linhagem do ser humano conhecida como Denisovas – já extinta e que, até uma década atrás, nem era conhecida – pode ter feito sexo com humanos modernos em pelo menos dois episódios diferentes da história, revela estudo publicado na revista científica “Cell”.

Estudo. Reconstituição dos hominídeos Denisovans e Neandertal; espécies diferentes cruzaram e deixaram descendentes
Estudo. Reconstituição dos hominídeos Denisovans e Neandertal; espécies diferentes cruzaram e deixaram descendentes

 

Usando técnicas inovadoras, pesquisadores da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, detectaram vestígios de DNA desses antigos hominídeos em pessoas que vivem no leste da Ásia e na Oceania – e descobriram que esses vestígios eram diferentes.

A descoberta sugere uma história evolutiva das duas linhagens mais diversa do que se pensava anteriormente. Embora os humanos modernos sejam a única linhagem sobrevivente hoje, outras não só viveram ao lado deles, mas até fizeram sexo com eles, deixando o DNA no seu genoma.

“Fiquei surpreso por haver dois grupos muito diferentes de Denisovas que contribuíram com o DNA para os humanos modernos – não era algo que eu esperava ver”, disse a principal autora do estudo, Sharon Browning, um geneticista estatístico da Universidade de Washington, ao “Live Science”.

Os pesquisadores sugerem que os antepassados da Oceania se cruzaram com um grupo sulista de Denisovas, enquanto os antepassados dos asiáticos do leste se misturaram com um grupo do norte. “A implicação é que havia pelo menos três casos de cruzamentos humanos modernos com humanos arcaicos – um com Neandertais e dois com Denisovas”, disse Browning.

O que se sabia. Pesquisas anteriores já haviam mostrado que, se de um lado, os Denisovas compartilhavam uma origem comum com os Neandertais, de outro, eram quase tão geneticamente distintos como os Neandertais eram de seres humanos modernos.

Já se sabia também que os Denisovas contribuíram com o DNA para vários grupos humanos modernos. Cerca de 5% de seu DNA foi encontrado nos genomas da população da Oceania e 0,2% nos genomas dos asiáticos e dos nativos norte-americanos.

Implicações

Semelhanças. “Para mim, isso sugere que os humanos modernos não eram tão diferentes dos Neandertais e dos Denisovas”, disse a geneticista Sharon Browning.

Buscas por mais sinais vão continuar

Washington. Os cientistas planejam procurar mais sinais de cruzamento entre humanos modernos e outras linhagens humanas arcaicas em asiáticos e outras populações em todo o mundo.

“Há sinais de que o intercâmbio com humanos arcaicos estava ocorrendo na África, mas ninguém ainda encontrou fósseis humanos arcaicos africanos com DNA suficiente para sequenciar”, disse a geneticista Sharon Browning, da Universidade de Washington, em comunicado.

Flash

Suspeita. Um quarto dos pedaços de DNA encontrados em humanos vivos não combinava com o DNA de Neandertal ou de Denisova. Por isso, também o ser humano pode ter tido filhos com linhagens ainda não identificadas.

Leia Também

Saiba como comprar passagens por até R$ 183 nos voos de Montes Claros para SP e Rio de Janeiro

* Por: da redação - 18 de julho de 2018. As ofertas estão disponíveis para …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas. O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *