Últimas Notícias
POS ON-LINE PUC MINAS

Brasileirão – Cruzeiro vence a primeira no Brasileiro

Brasileirão – Cruzeiro vence a primeira no Brasileiro

Podem avisar aos quatro cantos: o Mito voltou! E de forma completa. Com um gol de Dedé na segunda etapa, o Cruzeiro venceu o Botafogo por 1 a 0, no Mineirão, na tarde deste domingo (6), e conquistou seu primeiro triunfo no Campeonato Brasileiro.

Time celeste derrotou o Botafogo por 1 a 0 no Mineirão
Time celeste derrotou o Botafogo por 1 a 0 no Mineirão

 

Um resultado que premiou a batalha do time em um jogo bastante pegado contra os cariocas, que até então não haviam perdido no torneio nacional. Alívio completo e a certeza de que a Raposa segue no rumo certo. O time volta a campo no próximo domingo, quando recebe o Sport, novamente no Mineirão, às 11h, pela quinta rodada do Brasileiro. Oportunidade para seguir no embalo.

Com o objetivo de levar para o Brasileiro a inspiração avassaladora da Libertadores, Mano Menezes entrou em campo com o mesmo time que venceu o Vasco por 4 a 0, em São Januário. E o time começou insinuante, com Romero já testando Jefferson aos 3 min. Mas não demorou muito para que a Raposa começasse a apresentar um dos sinais que mais marcaram o time na primeira etapa: os erros de passe. Em uma dessas bobeadas, Romero saiu mal e Brenner quase pegava Fábio adiantado. Sorte que o chute saiu torto.

Quando acertava as tabelas, o Cruzeiro não abria mão dos chutes de fora da área. Thiago Neves, por duas vezes, mostrou-se perigoso nos arremates. Aos poucos, as jogadas começaram a se concentrar pelas laterais, com os cruzamentos e os escanteios se convertendo em opções. Porém, o Botafogo também dava seus sustos. Leonardo Valencia cobrou uma falta colocada que acertou o travessão de Fábio.

Com dificuldades para impor seu ritmo e velocidade, o jeito para o Cruzeiro era tentar montar uma blitz aérea, o famoso chuveirinho. Antes do intervalo, Léo subiu bem de cabeça e a bola passou bem perto do travessão. Veio então a etapa final e o jogo ficou bem aberto. Mas a Raposa seguia com problemas. A primeira mudança de Mano foi justamente visando o ataque, com Raniel substituindo Sassá.

O time ganhou muito em rendimento com a alteração e o gol, naquela altura, era questão de tempo. E veio para um jogador especial.

Para celebrar seu retorno em grande estilo, Dedé, que completou neste domingo 13 jogos na temporada, sua melhor marca desde a sequência de lesões, foi às redes. Ele, que vinha perseguindo este golzinho com tanto afinco, foi premiado com uma testada firme, superando Jefferson. Precisamente um ano e 27 dias depois de seu último gol, na vitória sobre o Democrata por 2 a 0 em 2017, o reencontro tão esperado aconteceu. O primeiro gol e a primeira vitória celeste no Brasileirão tiveram o selo de um mito. O selo de Dedé.