Publicidade
FENICS 2108 - RESERVE JÁ,JÁ, SEU STAND!  
Inicio » Norte de Minas » Campanha nacional “Eu viro carranca para defender o Velho Chico” será realizada em Januária

Campanha nacional “Eu viro carranca para defender o Velho Chico” será realizada em Januária

Campanha nacional “Eu viro carranca para defender o Velho Chico” será realizada em Januária

O município de Januária no Norte de Minas e Aracaju, capital de Sergipe, foram eleitos para sediarem as manifestações artísticas e culturais de conscientização e defesa do Rio São Francisco, por meio da campanha lançada em 2014 e, desde então, realizada anualmente, pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF) “Eu viro carranca pra defender o Velho Chico” já consagrou-se com a imagem da carranca, simbolismo de proteção e cultura do Velho Chico.

Campanha nacional “Eu viro carranca para defender o Velho Chico” será realizada em Januária
Campanha nacional “Eu viro carranca para defender o Velho Chico” será realizada em Januária

 

O objetivo da campanha é chamar a atenção de todos para os graves problemas enfrentados pelo Rio e sua Bacia, e para a necessária e urgente revitalização. Na programação em Januária, as atividades serão concentradas na praça Patrocínio Motta e estão previstas: sanfonata, shows musicais, danças típicas regionais, barqueata, exposição de artesanato e barracas com comidas e bebidas típicas. Foram mobilizados sete municípios, que levarão alunos das redes estadual e municipal, além de estudantes das faculdades para participar das atividades em Januária. Também serão realizadas uma série de atividades culturais e de educação ambiental, como distribuição de mudas, mobilização de crianças e adolescentes acerca do tema Rio São Francisco, através de totens interativos.

O Secretário municipal de Cultura de Januária, Sidney Olímpio, convida a todos para “prestigiarem o Rio São Francisco e conhecer as belezas únicas de Januária como: o pântano de Pandeiros, praias de águas doce, monumentos e patrimônio cultural, Cavernas do Peruaçu, além de uma culinária deliciosa e um povo acolhedor”.

Sirléia Drumond, membro do CBHSF e uma das principais mobilizadoras da campanha na região, espera “não só conscientizar, como também chamar a atenção dos governantes para a situação crítica do Rio, principalmente no Norte de Minas”.

Adelson Toledo, membro do CBHSF e secretário executivo da Associação de Municípios da Bacia do Médio São Francisco (AMMESF), ressalta a importância da participação dos representantes dos municípios sobretudo, os ribeirinhos, que dependem diretamente da saúde hídrica do São Francisco para manutenção das atividades econômicas, sociais e culturais de suas populações”.

Atividades Simultâneas

Além de programações nos municípios de Januária (MG) e Aracaju (SE) o CBHSF propõe mobilização via redes sociais e, que o dia 3 de junho – comemoração do Dia Nacional em Defesa do Rio São Francisco, seja de mobilizações simultâneas em toda a extensão da bacia, alertando a todos para a necessidade de revitalização do Rio. Para mais informações sobre a campanha, acesse: http://virecarranca.com.br.

Confira a programação completa em Januária e venha defender o Rio São Francisco e se divertir.

Dia 1 de junho (sexta-feira) 

09h00  –  Reunião dos Conselheiros da CCR Alto São Francisco com as autoridades

17h00  –  Desfile da Associação de Ciclistas de Januária e região

20h00  –  Sanfonata de Januária

Dia 2 de junho  –  sábado

07h30  –   Visita dos Conselheiros e demais autoridades ao Parque Cavernas do Peruaçu

08h30  –  “Orla da Alegria!”:  Atividades lúdicas educacionais e ambientais para os estudantes de todas faixas etárias

16h00    –  Saída da romaria dos barcos de Pedras de Maria da Cruz

18h00  – Chegada da romaria, em Januária, com as imagens de São Francisco, São Pedro e dos padroeiros de Januária, Pedras de Maria da Cruz, Bonito de Minas, Cônego Marinho, São João das Missões, Itacarambi e Manga

Show pirotécnico  /  Rezas e cantorias  /  Danças folclóricas da região  /  Show com artistas da terra

Dia 3 de junho  –  domingo  –  Dia Nacional de Mobilização em Defesa do Velho Chico

09h00  –  Abertura oficial  –  Pronunciamento das autoridades

Abraço ao Rio São Francisco com a benção do Bispo e padres dos municípios participantes

Pajelança pelos índios Xacriabás  /  Saudação ao Rio com danças afro pelos quilombolas

Plantio de mudas de plantas nativas  /  Apresentações culturais

Encerramento.

Por Núbia Primo

 

 

Leia Também

Saiba como conhecer Nova York fazendo um cruzeiro pelo rio que corta a cidade

* Por: da redação - 16 de agosto de 2018. Saiba como conhecer Nova York …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *