FENICS 2019 - ACI

Inicio » Esporte » Brasileirão » Brasileirão – Cruzeiro vence Santos fora de casa

Brasileirão – Cruzeiro vence Santos fora de casa

Brasileirão – Cruzeiro vence Santos fora de casa

Cruzeiro e Santos entraram em campo em situações distintas, já que a equipe mineira vinha de vitória e classificação em primeiro lugar na Libertadores. Já o time paulista também se classificou na competição sul-americana, mas acumula série de resultados negativos. Sem o meia-atacante Arrascaeta, convocado para a Copa do Mundo pelo Uruguai, Mano promoveu mudanças na equipe, com as entradas de Edílson e Rafael Sóbis. 

Com gol de Bruno Silva, Cruzeiro venceu pelo Brasileiro
Com gol de Bruno Silva, Cruzeiro venceu pelo Brasileiro

Após a derrota no clássico para o Atlético, a Raposa se recuperou com vitória por 1 a 0 fora de casa, enquanto o Santos segue cada vez mais pressionado e agora amarga uma proximidade cada vez maior com a zona de rebaixamento, com 6 pontos. Já o Cruzeiro chegou aos 10 pontos e está na 8ª colocação, a quatro de distância do líder Flamengo.

Depois de um primeiro tempo disputado, Cruzeiro e Santos não conseguiram mexer no placar. Apesar de dominar as ações e ter superioridade na posse de bola, a equipe de Mano Menezes assustou tanto quanto os donos da casa, que se valeram de velozes contra-ataques.

A primeira chance clara de gol foi justamente do Santos, graças a uma falha do zagueiro Léo, que entregou a bola nos pés do adversário. Gabriel se livrou de Egídio e chutou rasteiro, para ótima defesa de Fábio.

Aos 11 min, veio a resposta do Cruzeiro. Depois de uma bela enfiada de Lucas Silva, Rafael Sóbis finalizou para a defesa tranquila de Vanderlei. Em seguida, Sassá também desperdiçou boa chance. Thiago Neves e Sóbis ainda perderam oportunidades cara a cara com Vanderlei.

Nos minutos finais da primeira etapa, o Peixe desperdiçou três chances. Aos 35, Gabriel recebeu ótimo lançamento de Rodrygo e foi travado na hora do chute por Dedé. Aos 42, foi a vez de Daniel Guedes parar em Fábio. Três minutos depois, o arqueiro operou novo milagre, saindo nos pés de Rodrygo.

As equipes voltaram iguais para a segunda etapa, mas foi a partir das mudanças feitas pelos treinadores que o jogo começou a mudar. Primeiro, Thiago Neves deu lugar a Raniel. Atendendo aos pedidos da torcida, Jair Ventura sacou Diego Pituca para colocar Bruno Henrique.

Pouco depois, Mano colocou Romero e Bruno Silva nos lugares de Edílson e Sassá. E foi a equipe celeste quem se deu melhor. Depois de excelente jogada de Raniel, Robinho chutou por cima de Vanderlei, que desviou para escanteio com a ponta dos dedos. Não adiantou. Na cobrança de escanteio feita pelo próprio Robinho, Raniel raspou no primeiro pau para Bruno Silva, livre, mandar a bola para o fundo das redes e abrir o placar. 1 a 0 para o Cruzeiro, aos 32 min da segunda etapa.

O Santos respondeu no minuto seguinte em cobrança de falta de Jean Mota. A Raposa ainda teve a chance de matar o jogo com Rafael Sóbis, que tirou do goleiro Vanderlei mas acabou errando o alvo por pouco, depois de bela jogada construída por Henrique pela direita.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *