Inicio » Mais Seções » Turismo » Lages passará a ter voos diários da Azul a partir de 6 de agosto

Lages passará a ter voos diários da Azul a partir de 6 de agosto

Lages passará a ter voos diários da Azul a partir de 6 de agosto

Nos voos de entre Lages e Campinas a Azul usa as aeronaves modelo ATR, com capacidade para 70 assentos.

A partir de 06 de agosto a cidade de Lages, em Santa Catarina, passa a ter voo diários da Azul. Isso será possível coma inclusão de mais dois voos semanais entre Lages e Campinas. As novas frequências, às terças e quintas, serão operadas no mesmo horário dos demais dias da semana.

A conectividade é um dos diferenciais desse mercado. Brasília, Confins, Cuiabá, Campo Grande, Curitiba, Galeão e Santos Dumont, no Rio, Navegantes, Porto Alegre e Recife, além do interior de São Paulo e Minas, são algumas das cidades que oferecem conexões imediatas em Viracopos para os passageiros que partirem de Lages.

Os novos voos vão ajudar a aumentar a venda de pacotes de viagens promocionais para os destinos atendidos pela Azul. O diretor de planejamento de malha da companhia, Daniel Tkacz, acredita que o voo diário da empresa irá estimular o desenvolvimento desse mercado, dando maior flexibilidade aos Clientes da cidade catarinense.

A ampliação de voos em Lages acontece também após os investimentos da administração aeroportuária e do governo de Santa Catarina na adequação do aeroporto, habilitando-o para pousos por instrumento. Com o novo equipamento, a Azul terá mais condições de garantir a regularidade de suas operações na cidade.

Nos voos de entre Lages e Campinas a Azul usa as aeronaves modelo ATR, com capacidade para 70 assentos. As vendas para os novos voos já estão refletidas nos canais oficiais de venda da companhia.  Com a ampliação dos voos em Lages, os turista da região terão mais facilidades na compra de pacotes para Gramado, no Rio Grande do Sul,  destino muito visitado no inverno e nas festas de Natal.

Leia Também

Embora a meta nacional tenha sido superada, os dados mostram que pelo menos meio milhão de crianças não foram atingidas

Com baixa adesão, governo estuda tornar obrigatória vacinação de crianças

* Por: Jornal Montes Claros - 18 de setembro de 2018. A coordenadora do Programa …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *