Empréstimo Consignado para aposentados, pensionistas do INSS

Últimas Notícias
Casa das Apostas Online Betway

Em Montes Claros, o projeto “Paz no lar, paz na escola, paz na vida” movimenta alunos de Vila Nova de Minas

Em Montes Claros, o projeto “Paz no lar, paz na escola, paz na vida” movimenta alunos de Vila Nova de Minas

Montes Claros – A Escola Municipal Alexandre Martins Durães, do Distrito de Vila Nova de Minas, realizou uma apresentações e palestras sobre a Paz, como abertura das ações do projeto “Paz no lar, paz na escola, paz na vida” no educandário.  

 

Em Montes Claros, o projeto "Paz no lar, paz na escola, paz na vida" movimenta alunos de Vila Nova de Minas
Em Montes Claros, o projeto “Paz no lar, paz na escola, paz na vida” movimenta alunos de Vila Nova de Minas

 

Na ocasião, os alunos do 7º ano realizaram um Jogral e os do Infantil, 3°, 4º, 5º e 9º ano apresentaram canções, sempre com o tema Paz. O coordenador do projeto, Rubens Lopes, ministrou uma palestra sobre a importância da participação da família no processo de educação dos seus filhos.

“O evento foi muito importante porque precisamos falar da Paz também dentro da escola e com as famílias. A ideia surgiu em conjunto com os psicólogos da Secretaria Municipal de Educação (SME) pra podermos falar da paz no lar, uma vez que, quando não há paz no lar, o resultado é sentido na escola, no comportamento do aluno. A expectativa é que toque nos corações dos pais e alunos para que eles tenham a tranquilidade aqui na escola e no seio familiar, com o diálogo e interação”, destaca a diretora da unidade, Rita de Cássia Maia.

O evento, que recebeu os pais dos alunos e comunidade local, contou com a participação do secretário municipal de Educação da Prefeitura, Benedito Said, de representantes do Programa Saúde na Escola, da Polícia Militar, e da analista de conteúdo curricular da Secretaria Municipal de Educação, Valdivia Coimbra.

“A gente tem feito esse trabalho de levar a Paz em todos os lugares, mas o mais importante é que as pessoas entendam que a valorização da vida é o que deve pesar na existência humana, pois a pessoa que não valoriza a vida perde toda a sua capacidade de compreensão da própria existência. E isso é feito com a melhor condição da pessoa estudar, desenvolver, valorizar a família e sempre ter uma visão de construção social e não de destruição social”, explica o secretário.

Quer saber as notícias do Jornal Montes Claros em primeira mão? Siga-nos no Facebook @jornamoc, Twitter @jornalmoc e Instagram @jornalmoc.