Últimas Notícias

Coluna da Jerusia Arruda – Propaganda Eleitoral

PROPAGANDA ELEITORAL

Começa nesta sexta-feira (31) a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. Durante 35 dias, candidatos nas eleições majoritárias e proporcionais terão dois blocos diários de 12 minutos e meio cada para apresentar suas propostas e convencer o eleitor a lhe confiar o voto. A propaganda eleitoral gratuita vai até 04 de outubro, com transmissão no rádio de 7h às 7h12m30 e de 12h às 12h12m30, e na TV de 13h a 13h12m30 e das 20h30 às 20h42m30.

PROGRAMAS ALTERNADOS

Cada bloco será da propaganda eleitoral gratuita será dividido em segmentos, com programas de candidatos a presidente e a governador exibidos em dias alternados. Os programas dos presidenciáveis serão exibidos às terças, quintas e aos sábados, junto com a propaganda dos candidatos a deputado federal. E o dos candidatos ao governo dos estados, às segundas, quartas e sextas, mesmos dias em que serão exibidas as campanhas dos candidatos ao Senado e a deputado estadual. Nos domingos, não haverá propaganda.

PROGRAMAÇÃO

O programa dos presidenciáveis na TV começa no sábado (1º). A candidata da Rede, Marina Silva, será a primeira a aparecer, seguida de Cabo Daciolo (Patriota), José Maria Eymael (PSDC), Henrique Meirelles (MDB), Ciro Gomes (PDT), Guilherme Boulos (PSOL), Geraldo Alckmin (PSDB), Vera Lúcia (PSTU), Lula (PT), João Amoêdo (Novo), Álvaro Dias (Podemos), Jair Bolsonaro (PSL) e João Goulart Filho (PPL).

TEMPO DE TV E RÁDIO

De acordo com a divisão feita pelo TSE, Geraldo Alckmin (PSDB, PRB, PP, PTB, PR, PPS, DEM, PSD, SDD) terá 5 minutos e 32 segundos; seguido de Lula (PT, PCdoB e PROS), com 2 minutos e 23 segundos; Henrique Meirelles (MDB e PHS) com 1 minuto e 55 segundos; Álvaro Dias (Pode, PSC, PTC, PRP), com 40 segundos; Ciro Gomes (PDT-Avante), com 38 segundos; Marina Silva (Rede-PV), 21 segundos; Guilherme Boulos (PSOL- PCB ),13 segundos; Jair Bolsonaro (PSL), 8 segundos; Cabo Daciolo (Patriota), 8 segundos; Vera Lúcia (PSTU), 5 segundos; João Amoêdo (Novo), 5 segundos e João Goulart FIlho (PPL), com 5 segundos. Esta divisão pode ser alterada, dependendo do resultado da análise das contestações apresentadas à Justiça Eleitoral.

TEMPO EXTRA

De acordo com regulamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os partidos terão direito a 70 minutos de inserções diárias, que devem ser divididas entre os candidatos às eleições majoritárias e proporcionais. O número de inserções varia, de acordo com os tamanhos das bancadas na Câmara dos Deputados. O TSE também sorteou seis inserções extras de 30 segundos.

 

Jerusia Arruda