NordVPN - A melhor oferta de VPN

Vaga no Bolso

Inicio » Esporte » Brasileirão » Com gol anulado de Raniel, Cruzeiro e Inter empatam sem gols no Mineirão

Com gol anulado de Raniel, Cruzeiro e Inter empatam sem gols no Mineirão

Apesar de não ter sido uma grande atuação, O Cruzeiro foi bem, dominou o jogo contra o Internacional, neste domingo, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, contou com o apoio da torcida nas arquibancadas, mas não conseguiu vencer por conta de um erro incrível da arbitragem. Wilton Pereira Sampaio, de Goiás, marcou uma falta inexistente de Bruno Silva e anulou um gol legítimo de Raniel, prejudicando e tirando dois pontos importantíssimos da Raposa na competição.

Com gol anulado de Raniel, Cruzeiro e Inter empatam sem gols no Mineirão

 

Com apenas um ponto somado, o clube permanece em sétimo, com 31 pontos, perdendo a chance de se aproximar do sexto Atlético, que soma 35. Com a derrota do Flamengo para o Ceará, o Colorado foi aos 43 pontos e conseguiu se manter na vice-liderança.

Os cruzeirenses voltam a jogar na próxima quarta-feira, no Rio de Janeiro, contra o Botafogo. Já os gaúchos, no mesmo dia, recebem o Flamengo, podendo assumir a ponta da tabela em caso de vitória.

O JOGO. As duas equipes começaram o jogo se estudando. Por ser mandante e querendo a segunda vitória seguida, o Cruzeiro passava a maior parte do tempo com a bola e criava as melhores chances. Egídio e Arrascaeta conseguiram boas intervenções pelo lado esquerdo, aos oito minutos, mas pararam no goleiro Marcelo Lomba. Os donos da casa, no entanto, não conseguiram intensificar a pressão e o jogo ficou mais truncado. A Raposa só voltou a assustar com Bruno Silva, aos 31 min, mas o arqueiro gaúcho espalmou.

O Internacional, aos poucos, foi adiantando a sua marcação e passou a levar perigo para a meta celeste. Focando suas ações nos contra-ataques, os visitantes sempre saíam com muita velocidade. E foi assim que surgiu a melhor chance da primeira etapa. Aos 37 min, Pottker passou por três marcadores, invadiu a área e soltou uma bomba no travessão.

Depois disso, o jogo voltou a ficar morno. Os times abusaram dos erros no último passe, não conseguiram finalizar e levaram a igualdade no placar para o intervalo.

O Cruzeiro começou o segundo tempo com tudo. Logo a 1min, Raniel quase marcou após desviar de pé direito. Aos 2 min, foi a vez de Thiago Neves chutar de longe e a bola passar raspando a trave esquerda de Marcelo Lomba. Raniel até chegou a marcar, aos 5 min, mas o árbitro marcou falta, que não existiu, do volante Bruno Silva e anulou o gol.

O Internacional até chegou a assustar com Edenílson e Jonatan Álvez, mas a Raposa seguiu em cima. Com dificuldades de entrar na defesa rival, os donos da casa tentaram de longa distância com Arrascaeta e Tiago Neves, que acabaram errando o alvo. Quando acertou, o uruguaio acabou parando em Marcelo Lomba, que fez uma grande defesa e manteve o empate no Gigante da Pampulha. O time celeste recebeu vaias da torcida.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não ás pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *