FENICS 2019 - ACI

Obtenha mais clientes com a sua ficha do Google

Inicio » Esporte » Copa do Brasil » Copa do Brasil – Quanto ficou o jogo do Cruzeiro contra o Palmeiras pela semifinal

Copa do Brasil – Quanto ficou o jogo do Cruzeiro contra o Palmeiras pela semifinal

Copa do Brasil – Quanto ficou o jogo do Cruzeiro contra o Palmeiras pela semifinal

 O Cruzeiro está em mais uma final de Copa do Brasil, a segunda consecutiva e a oitava em sua história gigante de conquistas e páginas imortais. Com um empate por 1 a 1 no Mineirão, na noite dessa quarta-feira, a Raposa derrubou o Palmeiras, um dos maiores campeões nacionais, e assegurou a classificação para os jogos decisivos que acontecem nos dias 10 e 17 de outubro. É o sonho do hexa que motiva o Cruzeiro na rota para se estabelecer como o Rei de Copas do país. 

Copa do Brasil - Quanto ficou o jogo do Cruzeiro contra o Palmeiras pela semifinal
Copa do Brasil – Quanto ficou o jogo do Cruzeiro contra o Palmeiras pela semifinal

Os gols

O gol celeste foi marcado aos 26 min do primeiro tempo. Lucas Silva deu um passe milimétrico para encontrar Barcos. O atacante driblou Weverton e chutou para o fundo das redes.
O Palmeiras chegou ao empate logo no início do segundo tempo. Aos 4 min, Dudu cobrou escanteio na medida, e Felipe Melo subiu para o cabeceio. Testada firme para vencer Fábio.

Atuação do árbitro
Depois de certa polêmica no jogo da ida, no Allianz Parque, o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães teve atuação discreta e não atrapalhou no andamento da partida. Os jogadores deixaram o campo sem reclamar qualquer tipo de lance.

Destaque do jogo
Ele já havia marcado um gol no jogo da ida, em São Paulo, e voltou a balançar as redes. Barcos fez prevalecer a lei do ex no Mineirão e colocou a Raposa, com um drible em Weverton e um toque fatal para as redes, em mais uma final de Copa do Brasil. Um prêmio para o atleta, que na véspera do jogo ganhou um presente da vida: o nascimento do filho Gael. Uma semana perfeita.

Comportamento da torcida
Do show de luzes à apreensão. O torcedor do Cruzeiro viveu mais um dia de teste para cardíaco no Mineirão. O “saber sofrer” tem se tornado uma constante no percurso do time, e os celestes têm também incorporado esse mantra. Uma sintonia que fez a Raposa prevalecer dentro de casa e caminhar para sua oitava final de Copa do Brasil na história.

Confusão no fim

Após o fim da partida, quando o Palmeiras estava eliminado, uma confusão envolvendo Mayke e alguns jogadores da Raposa mancharam a festa. O lateral, que pertence ao time estrelado e está emprestado pelo Palmeiras, chegou a levar um soco do atacante cruzeirense Sassá. Os dois foram expulsos.

Próximo compromisso 
O Cruzeiro volta a campo no próximo fim de semana, justamente contra o Palmeiras. O duelo será pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro e vai acontecer no Pacaembu, às 11h, no domingo. O Palmeiras, com 50 pontos, é o vice-líder do torneio nacional, enquanto a Raposa aparece na sétima posição, com 37 pontos.

Veja as escalações

CRUZEIRO 
Fábio
Lucas Romero
Dedé
Léo
Egídio
Henrique
Lucas Silva
Robinho (Mancuello)
Thiago Neves (Bruno Silva)
Rafinha
Barcos (Sassá)
Técnico: Mano Menezes

PALMEIRAS 
Weverton
Marcos Rocha
Antônio Carlos
Edu Dracena
Diogo Barbosa
Felipe Melo
Bruno Henrique (Guerra)
Moisés (Jean)
Willian
Borja (Deyverson)
Dudu
Técnico: Luiz Felipe Scolari

GOLS:
BARCOS (CRUZEIRO)
FELIPE MELO (PALMEIRAS)
VERMELHOS:
Sassá (Cruzeiro)
Diogo Barbosa e Mayke (Palmeiras)

AMARELOS: 
EGÍDIO (CRUZEIRO)
BORJA, FELIPE MELO, DEYVERSON, WILLIAN (PALMEIRAS)

ESTÁDIO: Mineirão

ÁRBITRO: Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa-RJ)

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *