Vaga no Bolso
Inicio » Esporte » Copa do Brasil » Copa do Brasil 2018 – Cruzeiro vence Corinthians por 1 a 0 e abre vantagem na final

Copa do Brasil 2018 – Cruzeiro vence Corinthians por 1 a 0 e abre vantagem na final

Copa do Brasil 2018 – Cruzeiro vence Corinthians por 1 a 0 e abre vantagem na final

Com gol de Thiago Neves, a Raposa venceu o time paulista por 1 a 0 na partida de ida disputada no Mineirão.

Com gol de Thiago Neves, a Raposa venceu o time paulista por 1 a 0 na partida de ida disputada no Mineirão
Com gol de Thiago Neves, a Raposa venceu o time paulista por 1 a 0 na partida de ida disputada no Mineirão
Falta uma. “É lindo, meu Cruzeiro, contagiando e sacudindo esta cidade”. O grito do torcedor deu a tônica de um compromisso enjoado, mas que terminou com o Cruzeiro à frente e agora a um passo do hexacampeonato. Diante de um Mineirão tomado de azul, a Raposa fez valer sua força no Gigante da Pampulha e venceu o Corinthians por 1 a 0, resultado que garante ao time um empate simples no jogo da volta para colocar outra taça em sua galeria de conquistas de dar inveja a qualquer um. Foi a primeira vitória do time em casa na Copa do Brasil, um resultado em ótima hora. E olha que o placar poderia ter sido maior se não fossem as intervenções de Cássio. A diferença técnica entre os dois adversários é bastante grande.

O gol 

Depois de tanto martelar os paulistas, o Cruzeiro foi às redes aos 45 min da primeira etapa. Egídio cruzou para a área e Thiago Neves apareceu para cabecear. A bola ainda desviou no corintiano Henrique e acabou vencendo o goleiro Cássio, verdadeiro “milagreiro” nos primeiros 45 min, com intervenções precisas.
Atuação do árbitro

Anderson Daronco portou-se de forma segura, sendo realmente criticado quando acabou interrompendo um contra-ataque do Cruzeiro para amarelar o corintiano Jadson por falta em Henrique.

Destaque do jogo

Dono das principais jogadas ofensivas do time celeste, principalmente na primeira etapa, o meia Thiago Neves foi o nome da partida ao marcar o gol que garantiu a vitória celeste no primeiro confronto da decisão. Ele não marcava há 10 partidas e quebrou o jejum exatamente na decisão da Copa do Brasil. Ovacionado pela torcida, ele ratificou sua condição de artilheiro do time ao marcar seu 13º gol no ano.

Comportamento da torcida

O torcedor celeste foi um espetáculo à parte em um Mineirão que transformou-se – com a introdução de banners com os jogadores do elenco – justamente para ela. E o apoio da arquibancada, como foi expresso dede o início da temporada, foi o pulmão que incentivou o time à primeira vitória em casa na Copa do Brasil.

Polêmica

Daronco não teve tantos lances polêmicos. Uma arbitragem de certo ponto limpa, sem grandes reclamações, apenas questionamentos quanto à marcação de determinadas infrações e o momento destas sinalizações.

Próximo adversário

Antes do decisivo duelo com o Corinthians, no dia 17, em Itaquera, o Cruzeiro volta a campo no domingo, quando viaja ao Rio de Janeiro para encarar o Vasco, em São Januário, às 16h, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na nona posição, com 37 pontos, o time busca se recuperar após a derrota para o Palmeiras por 3 a 1, em São Paulo. A Raposa ainda tem um jogo a menos na competição nacional.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *