Últimas Notícias

Coluna da Jerusia Arruda – Apelo

Coluna da Jerusia Arruda – Apelo

APELO

O Presidente eleito Jair Bolsonaro fez um apelo nas redes sociais neste domingo (04) para a unidade no país. Na publicação ele disse: “Para colocarmos o Brasil no caminho da prosperidade é preciso compreender que todos estamos no mesmo barco, e que trabalhar para prejudicá-lo é prejudicar a si próprio. Se cada um levar consigo estes valores, certamente chegaremos em posição destaque no mundo. Conto com vocês.”

PRIMEIRO ENCONTRO

Nesta terça-feira, Bolsonaro se reúne com autoridades federais em Brasília. A previsão é que ele converse com representantes do Executivo, Legislativo e Judiciário.

NOVOS MINISTROS

Quinto ministro a compor o staff do presidente eleito Jair Bolsonaro, o juiz federal Sérgio Moro aceitou o convite para o Ministério da Justiça dizendo que vai “consolidar avanços contra o crime e a corrupção dos últimos anos e afastar riscos de retrocessoS”. Em nota, Moro disse que vai deixar novas audiências da Operação Lava Jato, para “evitar controvérsias desnecessárias” e que a operação vai continuar em Curitiba, com os “valorosos” juízes locais. Ele era o responsável pela operação na primeira instância. Também já foram convidados por Bolsononaro, Onyx Lorenzoni, para a Casa Civil, Paulo Guedes, para o Ministério da Economia, General Augusto Heleno, para o Ministério da Defesa, e Marcos Pontes para o Ministério de Ciência e Tecnologia.

CASAMENTO E DIVÓRCIO

O Brasil registrou 1.075.000 casamentos civis em 2017, redução de 2,3% em relação ao ano anterior. No entanto, os casamentos homoafetivos tiveram aumento de 10% entre 2016 e 2017, passando para 5.800. Já o número de divórcios aumentou 8,3%, totalizando 373 mil no ano passado. As conclusões são das Estatísticas do Registro Civil 2017, divulgadas pelo IBGE.

ACIDENTES DE TRÂNSITO

De acordo com dados do balanço divulgado pela Polícia Rodoviária Federal, as mortes em acidentes nas rodovias federais brasileira caíram 15% na comparação com 2017. Ao todo, foram 3.900 mortos contra 4.500 no ano passado. Já o número de feridos foi 10% menor no mesmo período, totalizando mais de 56 mil. Entre os principais motivos para os acidentes, estão a falta de atenção, a desobediência às leis de trânsito e alta velocidade. O balanço levou em consideração dados de janeiro a setembro.

 

Jerusia Arruda
Jerusia Arruda