Últimas Notícias
Casa das Apostas Online Betway

Veja 5 raças de cachorro que são conhecidas por sua personalidade forte

Veja 5 raças de cachorro que são conhecidas por sua personalidade forte

Mesmo sendo o melhor amigo do homem, existem certos tipos de cachorros que não são assim tão apegados ao seu tutor e tem uma personalidade forte e que não gosta de ser dominada.

Veja 5 raças de cachorro que são conhecidas por sua personalidade forte

 

Muitas pessoas acreditam que raças maiores possuem certa “tendência a violência”. Tal crença é muito investida no filhote de Pitbull. Mas o que não se fala é como raças pequenas como o Chihuahua e o Pinscher também são donos de temperamentos fortíssimos, apesar de uma aparência inofensiva.

Raças com temperamento forte

Chihuahua

Essa raça pode seguir caminhos extremos. Ela pode ser extremamente dócil e carinhosa, mas também pode desenvolver um comportamento mais agitado  e agressivo.

O Chihuahua, por ser um cachorro mais independente do tutor, não fica feliz quando fica dentro de casa grande parte do tempo, já que isso pode deixá-lo entediado e torná-lo um pouco destruidor. No entanto, ele também pode se mostrar extremamente leal, brincalhão e corajoso. O maior trabalho aqui é manter a troca que eles exigem para estar num bom humor.

Pinscher

Esse cão de pequeno porte cresce em seu corpo quando se trata de ser corajoso. É um perfeito cão de guarda, pois parece acreditar que pode enfrentar a qualquer um.

Esse, também, é um cão extremamente brincalhão e que pode ser tornar deprimido se deixado muito tempo sozinho e, por isso, gosta de estar perto de seus tutores.

O pequeno também carrega uma fama ruim de barulhento em prédios e condomínios. Isso porque, essa usa o latido tanto para pessoas estranhas quanto para avisar ao tutor que quer brincar.

Assim como o Chihuahua, o Pinscher é um animal extremamente ativo e que precisa constantemente gastar essa energia para poder se manter em paz e alegre no seu ambiente familiar. 

Rottweiler

Talvez umas das raças mais polêmicas em relação a temperamento seja o Rottweiller. Conhecido pela sua força e cara de bravo, esse cachorro é, infelizmente, associado a situações de violência.

Porém, o que muitos não sabem sobre os rottweilers é que são cachorros muito carinhosos e companheiros e até muito brincalhões. E, exatamente por isso, podem por vez não ter a noção de sua força.

É uma raça que facilmente pode se tornar estressada se não liberar muita energia. Isso leva a agressividade e destruição. Mas, nesse caso, não devemos culpar apenas os cães.

Muitos tutores, escolhem essa raça por sua fama e querem torna-los cães extremamente violentos. Para isso, o criam de forma a incentivar tal comportamento. O que, é claro, é extremamente prejudicial.

Poodle

Uma raça extremamente companheira, ideal com as crianças e que pode ser treinada muito rápido e com diversos truques.

Porém, é preciso uma dedicação e atenção especial a criação dessa raça, pois se descuidado eles podem se tornar desobedientes e dominadores. Isso os deixa com um temperamento difícil de ser contido.

Pitbull

Uma raça temida e muitas vezes evitada quando vista na rua. Infelizmente, os pitbulls sofrem o mesmo fardo que os rottweilers e são vistos como violentos e na maioria das vezes sofrem na sua criação com um tutor que o quer assim.

Porém, quando se conhece um filhote de pitbull, é possível notar sua real personalidade dócil e brincalhona. Ele é capaz de utilizar essa força de forma boa, executando exercícios e tendo objetos para buscar, ajudando a desestressar e crescer com um temperamento mais calmo e tranquilo.

Seguindo esses passos é possível ver essa raça mostrar o seu melhor lado. Uma personalidade dócil e amável que pode encantar a qualquer um.

Fatores que influenciam o temperamento de um cachorro

Pode se dizer que a raça talvez seja o primeiro item na influência no comportamento de um animal, porém há também muitos outros que podem modificar sua personalidade, tais como: ambiente e criação.

Quando falamos em ambiente, estamos falando do clima em que o cachorro vive todos os dias. Se for um lugar conturbado e até violento que o deixe faltar atenção e carinho, pode se notar um cachorro mais estressado.

O que nem sempre quer dizer que seu pet será um cachorro nervoso. Ele pode se tornar mais carente por não ter contato com o carinho ou mais medroso se o contato com o mundo externo não lhe é permitido.

A criação também é um fator predominante no desenho da personalidade do cão e como dito antes, quando um cachorro é criado para o seu pior lado aflorar, isso acontecerá com facilidade.Está nas mãos dos tutores conhecerem melhor não só os comportamentos das raças que pretendem criar, como também entender o seu próprio companheiro.