FENICS 2019 - ACI

Inicio » Mais Seções » Moda » Por que o couro nunca sai da moda?

Por que o couro nunca sai da moda?

Por que o couro nunca sai da moda?

Se você quer comprar roupas femininas que são não apenas bonitas, mas atemporais, aqui vai uma dica: invista em peças que têm o charme do couro.

Por que o couro nunca sai da moda?

Neste artigo, falaremos um pouco sobre esta tendência, além de sugerir algumas possibilidades de utilização do couro em visuais diversos. Se você gosta de moda, prossiga com a leitura.

Couro: da necessidade ao luxo

Nos primórdios da civilização, o couro era utilizado nas vestimentas, mas com bem menos requinte e mais necessidades. Afinal, não existiam muitas técnicas de costura, então o jeito era apostar nas peles e couro.

Com o passar dos anos, foram desenvolvidas técnicas que visavam deixar o couro mais maleável. Assim, os sapatos, as luvas e as calças tornaram-se mais agradáveis de serem usadas.

No início do século passado, durante a primeira e a segunda Guerras Mundiais, o visual dos pilotos era composto por jaquetas de couro. Por causa disso, a peça ganhou notoriedade e foi adotada pelos adeptos de um estilo mais “rebelde”, por assim dizer.

A partir daí, esteve presente no guarda-roupa de muita gente relevante. Exemplos? James Dean. Freddie Mercury. David Bowie. Janis Joplin. E a lista vai longe, muito longe.

Calça de cintura alta, blusa branca e jaqueta de couro? Quase um uniforme entre os mais descolados, os apaixonados por velocidade, motocicletas e rock.

Estilo rocker

A maior parte dos visuais que contam com peças de couro tem, inevitavelmente, uma pegada mais voltada para o rock ‘n roll. As calças de couro, aliás, eram parte obrigatória das roupas de algumas das bandas mais exóticas dos anos 70 e 80.

Nos anos 90, o jeans ganhou um bocado de destaque. Isto não impediu, no entanto, que o couro — e materiais relativamente parecidos, como o vinil — mantivessem o seu público.

Para utilizar o couro no dia a dia, no presente momento, é possível seguir algumas dicas de ouro, como estas:

  • O couro é associado com temperaturas mais baixas, uma vez que costuma aquecer — bastante — o corpo de quem o utiliza. Para utilizar peças deste material em dias mais quentes, aposte em coletes sem mangas, shorts ou botinhas de cano curto;
  • Se você está em busca de um visual mais formal, recomendamos deixar o couro apenas para os sapatos. Num geral, este é um material que não costuma estar tão presente nos escritórios. Se você trabalha num local mais informal, aposte;
  • O couro vai bem com tecidos mais nobres, como o cetim, o veludo, a seda. Parece uma combinação atípica, mas acredite: se você está em busca de um visual que seja um mix entre estilo e elegância, esta é uma possibilidade atraente;
  • A calça de couro não é tão famosa entre os adeptos desta tendência quanto deveria, mas pode valorizar qualquer produção. Se você tem uma, ela pode ser um grande coringa, uma vez que valoriza qualquer visual e cai bem com camisas fechadas, regatas e até mesmo croppeds. Basta apenas balancear o visual;
  • No que tange a sensualidade do couro, isto é um fato: é uma peça que está atrelada também ao mistério, à sedução. Assim sendo, é uma boa aposta para quem deseja ir a um encontro em um lugar charmoso, mas não tão formal. Aposte no combo vestido preto mais jaqueta de couro para conquistar corações,
  • Os acessórios fazem toda a diferença. Se você quer acrescentar couro a um look, mas não sabe como, pense nos sapatos, no cinto, na bolsa.

Sintéticos: uma opção para quem não quer utilizar o couro natural

Algumas pessoas não se sentem confortáveis em utilizar o couro natural; assim sendo, é possível apostar em peças feitas com materiais sintéticos.

Roupas feitas de policloreto de vinil (PVC), são inteligentes porque são recicláveis. Não é incomum que possuam, na composição, materiais como o poliéster e o nylon.

Ao contrário do couro original, este material costuma ser financeiramente mais acessível — o que é uma vantagem quando não se deseja gastar muito dinheiro para criar um visual elaborado.

Os materiais sintéticos também ganham pontos porque costumam ser fáceis de lavar, possuem boa elasticidade — ou seja, se adaptam bem às curvas do corpo — e costumam durar bastante.

Para utilizar o “couro” sintético, as recomendações são bem parecidas com as do tópico anterior. Aposte em materiais diferentes, faça testes para saber qual é o visual que está de acordo com a sua personalidade, respeite as limitações de cada ambiente.

E lembre-se: quando falamos sobre moda, estamos falando sobre expressão e individualidade. Pense nisso na hora de se vestir!

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *