Vaga no Bolso

Turbo Pesquisa - CLIQUE AQUI PARA MIAS INFORMAÇÕES
Inicio » Mais Seções » Ciência » Entra em vigor a nova definição mundial do quilograma

Entra em vigor a nova definição mundial do quilograma

Entra em vigor a nova definição mundial do quilograma

Uma alteração na forma como se medem quatro das sete unidades básicas – quilograma, ampère, kelvin e mol – passou a valer ontem em todo o mundo. A nova definição do Sistema Internacional de Unidades (SI) foi estabelecida em novembro de 2018 por representantes de 60 países na Conferência Geral de Pesos e Medidas (CGPM).

Entra em vigor a nova definição mundial do quilograma
Entra em vigor a nova definição mundial do quilograma

 

De acordo com Anderson Beatrice, chefe substituto do Laboratório de Massa do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), agora, a medição das unidades não precisa mais de nenhum objeto físico, que pode sofrer alterações ao longo do tempo e influenciar nos resultados.

“As mudanças afetam diretamente a ciência por causa do alto nível exigido na precisão dos cálculos. O método anterior sofreu ‘perda de peso’ nas últimas décadas e não media mais um quilograma com exatidão, por exemplo. Nos laboratórios, não podemos sofrer com essa instabilidade”, explica Beatrice.

Apesar dessa influência, afirma o especialista, as mudanças não atingem o dia a dia das pessoas. “Os mais variados produtos consumidos pela sociedade continuam sendo medidos da mesma forma. Isso não vai mudar”, diz.

O que vale agora

O quilograma vai derivar da constante de Planck (h), fundamental da física quântica. O kelvin (medido por meio da água) será definido pela constante de Boltzmann (k), unidade relacionada à agitação térmica das partículas de um corpo. Já o ampère será medido a partir da carga elementar (carga elétrica de um próton), e o mol, uma unidade utilizada sobretudo na química, dependerá diretamente da constante de Avogadro.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas. Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *