FENICS 2019 - ACI

Obtenha mais clientes com a sua ficha do Google

Inicio » Esporte » Brasileirão » Cruzeiro pode perder 6 pontos no Brasileirão por venda de Willian Bigode

Cruzeiro pode perder 6 pontos no Brasileirão por venda de Willian Bigode

Cruzeiro pode perder 6 pontos no Brasileirão por venda de Willian Bigode

O Cruzeiro vai recorrer na Fifa da decisão que pune o time celeste com a perda de 6 pontos no Campeonato Brasileiro. O anúncio do recurso foi feito pelo diretor de comunicação do time estrelado, Valdir Barbosa. A sentença do Comitê Disciplinar da Fifa foi motivada pela dívida de 1,5 milhão de euros referente a compra do atacante Willian Bigode, em 2013.

Cruzeiro pode perder 6 pontos no Brasileirão por venda de Willian Bigode
Cruzeiro pode perder 6 pontos no Brasileirão por venda de Willian Bigode

 

O colunista do jornal OGlobo, Anselmo Gois, informou a decisão na madrugada desta quarta-feira (10). “O caso foi julgado em primeira instância e o Cruzeiro já fez o recurso. Sendo assim, por enquanto, não há risco de perda de pontos”, disse Barbosa. Valdir ainda informou que durante esta quarta-feira a diretoria celeste vai se definir com o departamento jurídico do Cruzeiro para discutir sobre o recurso.

Condenação

De acordo com matéria publicada pelo colunista, o Comitê Disciplinar da Fifa decidiu que o Cruzeiro tem de ser punido pela CBF com a perda de 6 pontos no Campeonato Brasileiro. Isso por que o clube celeste foi condenado pela dívida de quase 1,5 milhão de euros que possui junto ao Zorya Luhansk, da Ucrânia, por causa da contratação de Willian Bigode.

Nesta manhã, a reportagem do Hoje em Dia teve acesso ao documento da Fifa que confirma o recurso enviado pelo Cruzeiro à entidade por meio de Breno Costa Ramos Tannuri, advogado do clube celeste. O documento suspende a condenação aplicada até que o recurso seja julgado. “Fica suspensa durante a vigência do processo perante a Corte de Arbitragem do Esporte (CAS). Informaremos as partes assim que uma decisão for tomada pelo CAS a esse respeito”, diz o texto assinado por Andrea Nijssen, Secretário Adjunto do Comitê Disciplinar da Fifa.

O Cruzeiro contratou Willian em 2013. O atacante e se tornou “xodó” da torcida no bicampeonato Brasileiro (2013 e 2014). O atleta, que atualmente tem 32 anos, se despediu do clube celeste para defender o Palmeiras em 2017. A negociação do “Bigode” com o time paulista envolveu quatro jogadores. O atacante foi trocado pelo meia Robinho.

Willian pelo Cruzeiro

Jogos: 185 (143 como titular)
Gols: 40
Assistências: 24
Títulos: Campeonato Mineiro (2014) e Campeonato Brasileiro (2013 e 2014)

Por ano

2013: 28 jogos, 8 gols e 7 assistências
2014: 61 jogos e 12 gols e 10 assistências
2015: 48 jogos, 13 gols e 6 assistências
2016: 48 jogos, 7 gols e 1 assistência

Por competição

Campeonato Mineiro: 25 jogos, 4 gols e 4 assistências
Primeira Liga: 1 jogo
Copa do Brasil: 17 jogos e 8 gols
Copa Libertadores: 18 jogos e 2 gols
Campeonato Brasileiro: 116 jogos, 24 gols e 19 assistências
Amistosos: 8 jogos, 2 gols e 1 assistência

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *