SMART FIT - MONTES CLAROS

Turbo Pesquisa - CLIQUE AQUI PARA MIAS INFORMAÇÕES
Inicio » Nacional » Agronegócio » Mineiro do Vale do Jequitinhonha disputa a presidência do conselho federal dos técnicos agrícolas

Mineiro do Vale do Jequitinhonha disputa a presidência do conselho federal dos técnicos agrícolas

Mineiro do Vale do Jequitinhonha disputa a presidência do conselho federal dos técnicos agrícolas

No próximo dia 7 de setembro, será realizada eleição para a primeira diretoria executiva do Conselho Federal dos Técnicos Agrícolas (CFTA). A votação será das 6h às 22h, exclusivamente pela internet.

Um dos candidatos é o técnico agrícola Fabrício Sena, mineiro do Vale do Jequitinhonha
Um dos candidatos é o técnico agrícola Fabrício Sena, mineiro do Vale do Jequitinhonha

 

Um dos candidatos é o técnico agrícola Fabrício Sena, mineiro do Vale do Jequitinhonha, com a chapa ‘Vamos Conversar’. Além de técnico agrícola, Fabrício Sena é advogado e pedagogo, e uma das principais lideranças nacionais da nova geração para o meio rural. Os demais integrantes da chapa são Ademir João Santin, do Rio Grande do Sul; Carlos Roberto Alves, de Minas Gerais; Luciano Gonçalves da Silva, do Ceará; e Ozaneide Gomes dos Santos, de Pernambuco.

Fabrício Sena possui uma trajetória profissional que lhe possibilitou conhecer profundamente as demandas e especificidades da profissão. Após se formar pela escola agrícola Hagrogemito, em Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha, começou a trabalhar como monitor da Escola-Família Agrícola de Virgem da Lapa, também no Vale, onde conheceu de perto as dificuldades vivenciadas pelos jovens técnicos para ingressar no mercado de trabalho.

Depois passou no concurso público da Emater-MG, onde trabalhou por quase duas décadas como técnico em Agropecuária em vários municípios do interior do Estado, e como gerente regional na sede da empresa, em Belo Horizonte. “Nesse período tive o privilégio de vivenciar a experiência do trabalho em campo, que é tão importante para garantir o alimento na mesa dos brasileiros e para promover o desenvolvimento rural sustentável do País”, ressalta.

Em seguida, Fabrício Sena se mudou para o Distrito Federal, onde trabalhou como assessor parlamentar da Câmara dos Deputados, lotado como chefe de gabinete do deputado Zé Silva. “Foi uma experiência profícua, onde aprendi que tão importante quanto o trabalho de campo é ter pessoas que possam verdadeiramente representar nossa categoria nos espaços de decisão, assegurando nossos direitos”, completa.

Nos últimos três anos, Fabrício Sena respondeu pela assessoria jurídica da Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater), sendo responsável pela gestão administrativa e por construir toda a legislação da Agência. “Com a experiência à frente da Anater, consolidei minha preparação para conhecer os caminhos e abrir portas para defender nossa categoria. Hoje estou pronto e à disposição dos colegas técnicos agrícolas para conduzir os trabalhos do nosso Conselho Federal e representá-los junto às instâncias governamentais e administrativas em todo o País”, afiança.

Entre as propostas para o novo Conselho, Fabrício Sena diz que vai instituir a gratuidade da documentação de registro junto ao Conselho para os técnicos agrícolas recém-formados, com 50% de desconto na anuidade do primeiro ano, com pagamento somente ao final do ano.

Fabrício também propõe a criação de um programa de formação para os técnicos agrícolas de todo o Brasil, promovendo a qualificação e atualização dos jovens técnicos e daqueles que estão há mais tempo atuando no mercado. “Também iremos criar um programa de estágio, aprendiz e trainee, em parceria com instituições de ensino e com as empresas de todo País, assegurando aos jovens estudantes uma melhor preparação para os futuros profissionais.

ELEIÇÃO

Conforme edital, a eleição para a diretoria executiva do Conselho Federal dos Técnicos Agrícolas será no dia 07 de setembro. Podem participar do processo todos os técnicos agrícolas registrados no Sistema Confea/CREA e habilitados nos termos do regulamento eleitoral, disponível no site da comissão eleitoral: www.eleicao-cfta.com.br

Aviso

  • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *