Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Estado discute políticas de desenvolvimento da região Norte em Montes Claros

Norte de Minas – Estado discute políticas de desenvolvimento da região Norte em Montes Claros

Norte de Minas – Estado discute políticas de desenvolvimento da região Norte em Montes Claros

Norte de Minas – Uma comitiva da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) e a secretária Elizabeth Jucá visitam Montes Claros, nesta terça-feira (3/3). O objetivo é encontrar representantes de associações e consórcios municipais, além de outras entidades, para discutir estratégias de execução do programa “Percursos Gerais: Trajetória para Autonomia” na região Norte. Também estarão presentes o subsecretário de Trabalho e Emprego, Raphael Vasconcelos, e o superintendente de Integração e Segurança Alimentar e Nutricional, Henrique Carvalho. 

Norte de Minas - Estado discute políticas de desenvolvimento da região Norte em Montes Claros
Norte de Minas – Estado discute políticas de desenvolvimento da região Norte em Montes Claros

 

A primeira reunião do dia será na sede da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams). Em seguida, a secretária também se reunirá com representantes do Banco do Nordeste e, logo após, fará visita ao Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Ambiental Sustentável do Norte de Minas (Codanorte).

A agenda tem por objetivo definir um plano de trabalho para a região, envolvendo gestores municipais e estaduais, além de parceiros que possam contribuir e fomentar ações de geração de renda, esporte e lazer, assistência social, segurança alimentar e nutricional, habitação social, direitos humanos e política sobre drogas.

Estratégia 

A iniciativa da Sedese faz parte da estratégia do Governo de Minas Gerais para reduzir a vulnerabilidade social no Estado.

O plano de execução do programa envolve ações da Sedese como a elaboração de diagnóstico das realidades locais com base no Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) e vulnerabilidade social – pobreza extrema. Também são analisados dados sobre falta de saneamento básico, baixa renda e escolaridade, desemprego.

Diagnóstico

Entre os 69 municípios que fazem parte da região Norte, 12 que apresentaram IDHM baixo e vulnerabilidade social farão parte do programa. São eles: Bonito de Minas, Cristália, Ibiracatu, Juvenília, Miravânia, Pai Pedro, Pintópolis, São João da Ponte, São João das Missões, Varzelândia, Verdelândia e Santo Antônio do Retiro.

A primeira fase do “Percursos Gerais: Trajetória para Autonomia” teve início nos municípios do Vale Mucuri com baixo IDHM, na região de Teófilo Otoni. Ao todo, 16 cidades foram contempladas: Água Boa, Ataleia, Bartópolis, Caraí, Catuji, Crisólita, Frei Gaspar, Fronteira dos Vales, Itaipé, Ladainha, Novo Cruzeiro, Novo Oriente de Minas, Ouro Verde de Minas, Padre Paraíso, Santa Helena de Minas e Setubinha.

A secretária Elizabeth Jucá comenta a iniciativa do Estado, que vem trabalhando para viabilizar a oferta de políticas públicas na área social de forma responsável e eficaz a fim de promover a autonomia dos indivíduos e famílias em situação de vulnerabilidade. “Sabemos dos nossos desafios e temos a certeza de que esse primeiro passo já é uma mudança na realidade dos municípios mineiros com o menor Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM)”, afirmou.

Programa

O Programa “Percursos Gerais: Trajetória para Autonomia” é parte da estratégia do Governo do Estado de Minas Gerais na busca pela redução das múltiplas formas de vulnerabilidade social.

A política pública busca criar articulações de órgãos internos ao governo, externos e no terceiro setor para estabelecer parcerias estratégicas a fim de subsidiar ações de geração de renda, esporte e lazer, assistência social, segurança alimentar e nutricional, habitação social, direitos humanos, política de prevenção e cuidado sobre drogas e demais ações estratégicas.

O objetivo é contribuir para que os cidadãos mineiros, em condição de vulnerabilidade, alcancem autonomia. A trajetória se inicia com a atuação na Sedese para garantir os direitos básicos e se consolida por meio do fomento às iniciativas para geração de renda. 

Reunião na Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams)
Data: 3/3
Horário: 15h
Local: Sede da Amams  – Avenida Major Alexandre Rodrigues, 416, Bairro Ibituruna
Informações para a imprensa: Bruna Alessandra (31) 99682-4148

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *