Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias
Curso - Fórmula da Eleição 2020
Inicio » Minas Gerais » MG – Consumidores de baixa renda terão benefícios nas contas de Cemig e Copasa por Covid-19

MG – Consumidores de baixa renda terão benefícios nas contas de Cemig e Copasa por Covid-19

MG – Consumidores de baixa renda terão benefícios nas contas de Cemig e Copasa por Covid-19

MG – Para amenizar os impactos da crise provocada pela Covid-19 em Minas Gerais, consumidores beneficiados com tarifa social ganharam mais tempo para pagar as contas da Cemig e da Copasa. Eles também eles poderão parcelar os valores, sem multas, por até seis meses. Hospitais públicos e filantrópicos também serão beneficiados, além das microempresas que precisam suspender as operações por conta da quarentena importa para conter a pandemia.

Medidas foram anunciadas pelo governador Romeu Zema em entrevista na Cidade Administrativa
Medidas foram anunciadas pelo governador Romeu Zema em entrevista na Cidade Administrativa

 

As medidas foram anunciadas nesta segunda-feira (23) pelo governador Romeu Zema, durante entrevista coletiva. O chefe do Executivo do Estado também disse que as companhias não farão, temporariamente, os cortes dos serviços.

Os benefícios atenderão os clientes que formalizarem a solicitação junto à Cemig pelos canais virtuais da empresa. As medidas valem até 30 de abril e poderão ser reanalisadas conforme o andamento da crise do coronavírus.

Romeu Zema orientou que municípios atendidos por outras concessionárias de energia reproduzam a medida em suas localidades. “Solicito que aquelas cidades que tenham outras fornecedoras de energia façam o mesmo com os clientes que possuem tarifa social. É uma questão de necessidade. Estamos em um momento difícil e as pessoas precisam de ajuda”, destacou.

No caso de atendimento da Copasa, os clientes beneficiários da Tarifa Social não terão seu abastecimento suspenso até 20 de abril, assim como não haverá a incidência de juros e multas por conta de atraso no pagamento.

Os clientes comerciais dos ramos de atividade paralisados, citados na deliberação estadual, com contas com vencimento cujo prazo seja até o dia 20 do próximo mês, terão prazo para pagamento prorrogado para 20 de maio. Já os que receberam aviso de suspensão de abastecimento entre os dias 23 de fevereiro e 20 de março terão o prazo para pagamento prorrogado para 20 de abril.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *