Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Coluna do Pe. Ezequiel Dal Pozzo – Pessoas abertas ao novo

Coluna do Pe. Ezequiel Dal Pozzo – Pessoas abertas ao novo

As pessoas de mente aberta evoluem sempre. Elas serão donas do amanhã, porque não se fecham em si mesmas e no seu mundo de experiências e verdades. O mundo e o conhecimento estão sempre em evolução. Nada está parado, tudo é movimento, construção, mudança. Como então, contentar-me somente com as minhas verdades, com o circuito restrito onde me movimento e vivo? Estar aberto a evolução e ao novo é perceber que cada dia traz uma nova vibração, cada sol tem seu encanto, cada lua não é uma repetição, mas suscita um novo sentimento. A mente e a percepção aberta me fazem contemplar a vida e a beleza de tudo o que se manifesta. A chuva é sempre nova, o vento não se repete, as arvores com suas folhas e frutos trazem sempre beleza diferente, os pássaros trazem seu canto e beleza. A vida se manifesta em tudo e tudo é movimento e sentimento quando queremos enxergar.

As pessoas abertas ao novo não colocam obstáculos em tudo. Preferem colocar lentes de aumento para perceberem melhor as coisas. Procuram ver o lado bom e positivo de tudo o que acontece. Não são queixosas com tudo e com todos e nem se colocam como donas da verdade. Essa percepção possibilita o processo evolutivo interior. Tem pessoas que se queixam que estão doentes e levam essa queixa durante toda a vida. Algumas dizem que sofrem de medo e levam consigo esse medo durante toda a vida. Essa situação é lamentável.

Pessoas parasitas não evoluem. Ficam sugando sempre o mesmo alimento e circulando nas mesmas ideias. Parecem tatu, nascem, vivem e morrem cavoucando. Pessoas abertas jamais dizem: sempre fui assim e vou morrer assim. São como casas com janelas abertas aonde circula o vento que areja o ambiente e traz um sentimento de leveza e pureza. A metáfora de uma casa sempre fechada ajuda a entender bem as pessoas que não se colocam no caminho de busca e evolução.

O pensamento humano é evolutivo, a inteligência humana busca o infinito. Estamos no impulso de busca do infinito e essa busca nos faz também alcançar a Deus. Até mesmo a compreensão de Deus, de Jesus, das religiões, está em permanente evolução. As pessoas abertas não têm medo do diálogo. Sabem dialogar com franqueza, sentar para conversar, aprender junto e com os outros. A mente aberta sabe que aprende com tudo. A experiências, os fracassos, as oportunidades, as pessoas e as realidades são sempre possibilidade de troca e evolução.  Reflitamos sobre isso!

 

Padre Ezequiel Dal Pozzo é sacerdote da Diocese de Caxias do Sul (RS). Cantor e compositor, lidera o Projeto Despertai para o Amor, de evangelização através da música e dos meios de comunicação. Já lançou 5 CDS e 1 DVD e roda o Brasil com shows musicais, palestras, missas e pregações. Apresenta diariamente a reflexão Despertai para o Amor em mais de 140 rádios de 19 Estados do Brasil e o programa semanal Despertai para o Amor na TV Evangelizar e na TV Nazaré. É editor da Revista Despertai para o amor de circulação trimestral e autor do livro“Beber na fonte do amor: como a misericórdia humaniza e traz verdadeira alegria”(Edições Loyola).

Padre Ezequiel Dal Pozzo
Padre Ezequiel Dal Pozzo

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *