Últimas Notícias

MG – O Estado de Minas Gerais registra 1.208 novos casos por Covid-19 em 24 horas

MG – O Estado de Minas Gerais registra 1.208 novos casos por Covid-19 em 24 horas

MG – Nas últimas 24 horas, Secretaria de Estado de Saúde (SES), contabilizou 1.208 novos casos da doença e 14 registros de óbitos, um dos menores números das últimas semanas – 57,1% dos pacientes morreram no último sábado (5). Do total de pessoas infectadas, 199.383 já se recuperaram e 30.778 seguem em acompanhamento.

MG – O Estado de Minas Gerais registra 1.208 novos casos por Covid-19 em 24 horas
MG – O Estado de Minas Gerais registra 1.208 novos casos por Covid-19 em 24 horas

 

A pandemia do coronavírus segue em expansão pelo interior de Minas Gerais e já atinge mais de 98% dos municípios – 839 das 853 cidades já confirmaram casos da doença. É o que apontou o boletim divulgado nesta segunda-feira (7) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). Conforme os dados, o número de registros da doença já ultrapassaram 236.000, com 5.851 óbitos.

No último domingo (6), Minas Gerais ultrapassou o Rio de Janeiro e se tornou o terceiro Estado com mais confirmações da Covid-19, atrás apenas de São Paulo e Bahia.

Já em relação ao número de óbitos, Minas ocupa a sexta posição no ranking nacional. As mortes provocada pela doença já ocorreram em 528 municípios, sendo Belo Horizonte (1.073) e Uberlândia (433), no Triângulo Mineiro, com os maiores números de vítimas. A letalidade da Covid-19 é 2,5% entre o total de casos.

Segundo a SES, 74% dos óbitos ocorreram em pessoas com comorbidades. Entre as principais doenças que contribuíram com o agravamento da doença, estão cardiopatias (2.752), diabetes (1.924), pneumopatia (567) e doença renal (553). Os dados também mostram que 57% das vítimas são do sexo feminino e as faixas etárias mais atingidas são de mais de 60 anos, com 79% do total – a média de idade é de 71 anos.

Os casos

Entre os pacientes contaminados pela doença que informaram a cor, 28% são pardos e 9% brancos. Conforme a pasta, a média de idade é de 44 anos, sendo que 22,9% dos casos ocorreram em pessoas com idades entre 30 e 39 anos.