Últimas Notícias

Corra para limpar o nome: dívida de até R$ 1 mil ainda pode ser quitada por até R$ 100

Corra para limpar o nome: dívida de até R$ 1 mil ainda pode ser quitada por até R$ 100

Os consumidores com dívidas entre R$ 200 e R$ 1 mil ainda têm a oportunidade hoje para quitar os débitos desembolsando no máximo R$ 100. A ação da Serasa – braço da Serasa Experian– , em parceria com 21 empresas e instituições, que se encerraria no último dia 31, foi estendida até esta terça-feira. Até a última sexta-feira, 2,5 milhões de débitos já haviam sido negociados, mas a startup espera fechar pelo menos com o dobro de acordos.

Consumidor só deve fazer a renegociação se realmente conseguir arcar com o pagamento da dívida
Consumidor só deve fazer a renegociação se realmente conseguir arcar com o pagamento da dívida

Entre os parceiros da startup nesse mutirão para limpeza de nome estão a Tricard, Recovery, Ativos, Itapeva, Credsystem, Avon, Pernambucanas, Casas Bahia, Ponto Frio, Anhanguera, Unopar, Pitagoras, Unime, Iuni, Uniderp, Unirondon, Unique, Hoepers, Algar, Calcard e Vivo.

Para facilitar a renegociação dos débitos, a Serasa criou um roteiro para que o consumidor evite cair em golpes na web. Para isso, é necessário acessar o site www.serasa.com.br ou baixar o aplicativo da startup no celular. Posteriormente, é necessário digitar o CPF e preencher um breve cadastro, o que garante a segurança da transação.

Os débitos podem ser renegociados também por meio do WhatsApp (11) 98870-7025 ou nos Correios. A Serasa disponibilizou seus serviços nos Correios, oferecendo as mesmas condições de negociação nas mais de 7 mil agências espalhadas pelo Brasil.

Após acessar a página da Serasa na web, todas as informações do consumidor aparecerão na tela, incluindo as dívidas que tiver. Para conhecer as condições oferecidas, basta clicar no link para ser direcionado a página onde aparecerão as opções de renegociação. O interessado pode escolher entre pagar à vista ou parcelado e a melhor data para o vencimento. A plataforma gera um ou mais boletos, dependendo da opção escolhida.

Mas o consumidor deve estar atento. Segundo Aline Maciel, gerente da Serasa, ele só deve renegociar se realmente tiver condições de arcar com o compromisso.
“Se o consumidor acessou o sistema e viu que a parcela não cabe no bolso, não feche o acordo. Só faça isso se de fato conseguir honrar, porque fazer um acordo e não pagar é muito pior. Então, veja se a parcela te atende, corre, acesse e aproveite essa campanha”, enfatizou.

“Essa campanha é muito importante, principalmente neste momento que o Brasil está vivendo, porque dá oportunidade para as pessoas conseguirem quitar débitos por até R$ 100. A Serasa e as empresas se uniram para conseguir viabilizar essa campanha e poder dar um desconto maior para os consumidores quitarem suas dívidas em um só lugar”, disse Aline Maciel, apostando que pelo menos R$ 5 milhões de débitos sejam renegociados até hoje.

As informações são do Portal Hoje em Dia