Empréstimo Consignado para aposentados, pensionistas do INSS

Últimas Notícias
Casa das Apostas Online Betway

Dicas de cuidados para quem acabou de adotar um cachorro

Cuidar da temperatura e da alimentação, além de garantir a higiene, as vacinas e o carinho, são alguns dos primeiros cuidados fundamentais para qualquer filhote.

Há muito tempo você sonha em ter um animal de estimação e, finalmente, conseguiu adotar um. Então, é comum se sentir perdido e buscar algumas pessoas para aprender quais são os cuidados essenciais em cada etapa da vida do seu bichinho.

No caso de aves e mamíferos, é comum que os primeiros dias de vida sejam muito delicados, pois, os animais precisam ser alimentados e aquecidos, papel que cabe às suas mães. 

Outra cautela importante é encontrar um local seguro em que ele possa fazer as necessidades fisiológicas, que deve ser limpo algumas vezes por dia, e dormir, o que exige uma incidência reduzida de iluminação.

Nessas primeiras semanas, é comum que os filhotes dediquem, em média, 70% de seu tempo ao sono e 30% à alimentação. Ao longo dos dias, passam a ser necessários cuidados como vacinação e consultas rotineiras com o veterinário.

Temperatura e alimento

Estes são os dois principais cuidados de um pet recém-nascido. Para cães e gatos, é recomendado mantê-los em ambientes com temperatura superior aos 20° C.  Para isso, deixe-os em um lugar com mantas e cobertas. Outra dica é não deixá-los em contato direto com pisos frios, para evitar resfriado e pneumonia. 

Se a mãe não estiver com o filhote, o mais recomendado é comprar leite específico e industrializado para nutri-lo nas primeiras semanas de vida. A quantidade varia de acordo com o tamanho e o peso do pequeno animal. 

No caso de aves, vale colocar o filhote em uma caixa de sapato, repleta de algodão e folhas de jornal, que pode dar um conforto parecido com o ninho. Faça alguns buracos para permitir a circulação de ar. É importante que isso seja feito em uma região que impeça a incidência direta de luz sobre o bichinho. 

É essencial encontrar um espaço amplo para colocá-la, já que as aves vão crescer e precisam se movimentar. Papagaios devem ter uma alimentação diversificada, com frutas, sementes, nozes, brotos e suplementos vitamínicos, misturados à comida. É importante ter atenção sobre a quantidade de alimento colocado, já que o excesso pode prejudicar o organismo do filhote.

Atenção aos sinais

Se o filhote chorar ou emitir ruídos que remetem aos gemidos de incômodo, é recomendado procurar um veterinário para verificar se há algo errado. Outro sinal que merece maior atenção são possíveis sangramentos.

Uma das razões disso são as cólicas. Cães filhotes podem sentir dores ao tentar evacuar ou fazer xixi. Por isso, você pode ajudá-lo: pegue um algodão umedecido com água morna e massageie devagar a região perianal e genital. Esse procedimento deve ser feito dez vezes a cada dia.

Cuidado com a higiene

O sistema imunológico do filhote ainda é muito frágil, o que facilita a contaminação de doenças. Por isso, é recomendado evitar ficar pegando o animal com as mãos e mantê-lo em seu colo. Lave bem as mãos com água e sabão antes de tocá-lo.

Se a mãe do filhote não estiver presente ou você precisar levá-lo ao veterinário, transporte-o em um recipiente ou uma manta limpa. Também mantenha a limpeza no local em que o filhote permanecer, assim como os objetos que ele mais tocar, como mantas, casas, brinquedos, potes de comida e água. 

No caso de cachorros, a baixa resistência imunológica nas primeiras semanas de  vida faz com que a aplicação da vacina seja necessária nesse período. O mais recomendado é dar banhos em centros especializados, que contenham métodos de higienização necessários. O banho acontece após 45 dias de vida, quando a primeira dose de vacina é aplicada.

Carinho e dedicação

Dar carinho para o seu bichinho é fundamental para garantir não só o crescimento dele, mas também para construir vínculos. Experiências traumáticas nas primeiras semanas de vida podem provocar problemas comportamentais na idade adulta.

Por isso, dedique um tempo para ficar com o seu pet e dê atenção a ele. É importante perceber quando ele está com sono e quer dormir, caso contrário, isso provocará estresse, especialmente, em aves. A atenção deve ser redobrada se o animal está longe da mãe e dos irmãos.

Quer saber as notícias do Jornal Montes Claros em primeira mão? Siga-nos no Facebook @jornamoc, Twitter @jornalmoc e Instagram @jornalmoc.