Últimas Notícias

América empata, despacha o Corinthians e garante inédita vaga às quartas de final da Copa do Brasil

América empata, despacha o Corinthians e garante inédita vaga às quartas de final da Copa do Brasil

Quando a disputa por pênaltis parecia uma realidade, Rodolfo deu fim a esta possibilidade: fez um gol que, aliado ao tento de Toscano no jogo de ida, rendeu mais R$ 3,3 milhões aos cofres do América e a inédita vaga às quartas de final da Copa do Brasil. Após a vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians, no Itaquerão, o Coelho empatou em 1 a 1 na volta, no Independência, nesta quarta-feira (4), e se classificou. Mérito ao time mais organizado em campo e que foi melhor no conjunto da obra.

América empata, despacha o Corinthians e garante inédita vaga às quartas de final da Copa do Brasil
[/media-credit] América empata, despacha o Corinthians e garante inédita vaga às quartas de final da Copa do Brasil

 

Antes do tento de pênalti do artilheiro do alviverde no ano (agora já são 11 na temporada), Fagner havia aberto o placar, também por meio de uma penalidade.

Homenagem

Antes de a bola rola, foi respeitado um minuto de silêncio em homenagem a Abílio Baltazar, vice-presidente financeiro do Coelho entre 2003 e 2009 que morreu no último sábado. Ele também fazia parte do Conselho Consultivo do clube.

O jogo

Apesar de ter entrado em campo com a vantagem do empate para se classificar, o América não ficou na defensiva durante o primeiro tempo. Muito pelo contrário. A ordem de Lisca era ocupar bem os espaços e ser agressivo no ataque. E foi exatamente isso o que o Coelho fez durante quase toda a etapa inicial. Só faltou um pouquinho mais de capricho no último passe e na finalização para furar o bloqueio corintiano.

Ciente de que o alviverde esteve muito perto do gol, Lisca promoveu, na volta do intervalo, o ingresso de Rodolfo, artilheiro da equipe na temporada, na vaga de Vitão. No entanto, foi o Timão quem abriu o placar. Em um lance polêmico e com ajuda do VAR, Wagner do Nascimento Magalhães assinalou pênalti de Anderson em cima de Davó; aos 14 minutos, Fagner converteu a cobrança.

Ademir teve uma grande chance, ao se aproveitar de uma falha defensiva corintiana, mas Fagner salvou o que seria o gol de empate. Depois, o mesmo camisa 10 deixou sua marca, só que a arbitragem marcou o impedimento, que realmente existiu. Porém, a sorte ainda iria sorrir para o América. E na mesma moeda. Piton colocou a mão na bola dentro da área, e o juiz marcou pênalti. Rodolfo deixou tudo igual, aos 38 minutos, e garantiu a vaga ao Coelho.

A FICHA DO JOGO

AMÉRICA 1 X 1 CORINTHIANS

MOTIVO: Jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil
ESTÁDIO: Independência
ARBITRAGEM: Wagner do Nascimento Magalhães, auxiliado por Thiago Henrique Neto Correa Farinha e Carlos Henrique Alves de Almeida Filho, todos do Rio de Janeiro.
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
CARTÕES AMARELOS: Diego Ferreira (América); Xavier, Everaldo, Fagner e Gil (Corinthians)
GOLS: Fagner aos 14 minutos e Rodolfo aos 38 minutos do segundo tempo

AMÉRICA
Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Messias, Anderson e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Geovane (Alê); Ademir (Daniel Borges), Vitão (Rodolfo) e Felipe Azevedo (Toscano)
Técnico: Lisca

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Marllon, Gil e Lucas Piton; Xavier (Gabriel), Éderson (Cantillo), Ramiro, Mateus Vital e Cazares (Everaldo); Davó (Léo Natel)
Técnico: Vagner Mancini