Últimas Notícias

América empata, despacha o Corinthians e garante inédita vaga às quartas de final da Copa do Brasil

América empata, despacha o Corinthians e garante inédita vaga às quartas de final da Copa do Brasil

Quando a disputa por pênaltis parecia uma realidade, Rodolfo deu fim a esta possibilidade: fez um gol que, aliado ao tento de Toscano no jogo de ida, rendeu mais R$ 3,3 milhões aos cofres do América e a inédita vaga às quartas de final da Copa do Brasil. Após a vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians, no Itaquerão, o Coelho empatou em 1 a 1 na volta, no Independência, nesta quarta-feira (4), e se classificou. Mérito ao time mais organizado em campo e que foi melhor no conjunto da obra.

América empata, despacha o Corinthians e garante inédita vaga às quartas de final da Copa do Brasil
América empata, despacha o Corinthians e garante inédita vaga às quartas de final da Copa do Brasil Mourão Panda / América

 

Antes do tento de pênalti do artilheiro do alviverde no ano (agora já são 11 na temporada), Fagner havia aberto o placar, também por meio de uma penalidade.

Homenagem

Antes de a bola rola, foi respeitado um minuto de silêncio em homenagem a Abílio Baltazar, vice-presidente financeiro do Coelho entre 2003 e 2009 que morreu no último sábado. Ele também fazia parte do Conselho Consultivo do clube.

O jogo

Apesar de ter entrado em campo com a vantagem do empate para se classificar, o América não ficou na defensiva durante o primeiro tempo. Muito pelo contrário. A ordem de Lisca era ocupar bem os espaços e ser agressivo no ataque. E foi exatamente isso o que o Coelho fez durante quase toda a etapa inicial. Só faltou um pouquinho mais de capricho no último passe e na finalização para furar o bloqueio corintiano.

Ciente de que o alviverde esteve muito perto do gol, Lisca promoveu, na volta do intervalo, o ingresso de Rodolfo, artilheiro da equipe na temporada, na vaga de Vitão. No entanto, foi o Timão quem abriu o placar. Em um lance polêmico e com ajuda do VAR, Wagner do Nascimento Magalhães assinalou pênalti de Anderson em cima de Davó; aos 14 minutos, Fagner converteu a cobrança.

Ademir teve uma grande chance, ao se aproveitar de uma falha defensiva corintiana, mas Fagner salvou o que seria o gol de empate. Depois, o mesmo camisa 10 deixou sua marca, só que a arbitragem marcou o impedimento, que realmente existiu. Porém, a sorte ainda iria sorrir para o América. E na mesma moeda. Piton colocou a mão na bola dentro da área, e o juiz marcou pênalti. Rodolfo deixou tudo igual, aos 38 minutos, e garantiu a vaga ao Coelho.

A FICHA DO JOGO

AMÉRICA 1 X 1 CORINTHIANS

MOTIVO: Jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil
ESTÁDIO: Independência
ARBITRAGEM: Wagner do Nascimento Magalhães, auxiliado por Thiago Henrique Neto Correa Farinha e Carlos Henrique Alves de Almeida Filho, todos do Rio de Janeiro.
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
CARTÕES AMARELOS: Diego Ferreira (América); Xavier, Everaldo, Fagner e Gil (Corinthians)
GOLS: Fagner aos 14 minutos e Rodolfo aos 38 minutos do segundo tempo

AMÉRICA
Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Messias, Anderson e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Geovane (Alê); Ademir (Daniel Borges), Vitão (Rodolfo) e Felipe Azevedo (Toscano)
Técnico: Lisca

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Marllon, Gil e Lucas Piton; Xavier (Gabriel), Éderson (Cantillo), Ramiro, Mateus Vital e Cazares (Everaldo); Davó (Léo Natel)
Técnico: Vagner Mancini