Últimas Notícias

Montes Claros – Catadores de Montes Claros aprendem a transformar óleo de cozinha usado em barras de sabão

Montes Claros – Catadores de Montes Claros aprendem a transformar óleo de cozinha usado em barras de sabão

Montes Claros – A Associação de Moradores do Bairro Guarujá promoveu nessa quarta-feira, 17, uma palestra sobre preservação ambiental e geração de renda para as famílias que vivem da coleta seletiva, além de um curso de produção de sabão sustentável utilizando óleo de cozinha, através do projeto “Recicla aos Montes”, implantado pela Prefeitura de Montes Claros e executado pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, com apoio do Ministério Público de Minas Gerais e parceiros da sociedade civil organizada.

Montes Claros - Catadores de Montes Claros aprendem a transformar óleo de cozinha usado em barras de sabão
Montes Claros – Catadores de Montes Claros aprendem a transformar óleo de cozinha usado em barras de sabão Divulgação
De acordo com a presidente da Associação de Moradores do bairro Guarujá e coordenadora do projeto de coleta seletiva porta a porta, Denise Aguiar, o apoio da Prefeitura de Montes Claros tem sido fundamental na valorização e fortalecimento do catador por meio da reciclagem. “Com o apoio da Prefeitura de Montes Claros, através do projeto Recicla aos Montes, a associação de moradores do bairro Guarujá vem  trabalhando pela melhoria da qualidade de vida da comunidade e desenvolvendo ações de preservação do meio ambiente, através do projeto de coleta seletiva porta a porta, além de realizações de cursos e palestras”, explicou.
Palestra de consciencialização e sensibilização
A professora Fernanda Borges discorreu sobre a importância da coleta seletiva, que além de gerar renda aos catadores ainda ajuda a aumentar a conscientização da população em relação ao consumo sustentável e à preservação do meio ambiente.
“O óleo jogado na pia acumula com facilidade no encanamento e acaba causando o entupimento, não apenas nas residências ou comércios, mas em toda a rede hídrica, já que ele é um resíduo pegajoso e pesado, que contamina a água e o solo, o que facilita nas obstruções de bueiros e bocas de lobo, que são as principais causas de enchentes”, informou a palestrante.
Segundo ela, cada litro de óleo contamina 20 mil litros de água potável, por isso é de fundamental importância transformá-lo em sabão para impedir seu despejo
indevido na rede de esgoto. “O meio ambiente agradece, além dos catadores, que terão mais uma fonte de renda”, concluiu.
Curso de produção de sabão sustentável
A dona de casa Enedina Souto ensinou para os catadores de recicláveis como fazer sabão com óleo de cozinha reutilizado. “Este sabão feito de óleo de cozinha é uma maravilha. Já tem mais de 20 anos que eu só uso ele, porque não tem nada melhor para clarear e tirar manchas de roupas. E a receita é simples: para cada 10 litros de óleo de cozinha reutilizado de fritura, use 2 litros de soda cáustica, 2 litros de água e 2 detergentes. Misture todos os ingredientes e bata bastante, durante uma hora. Depois, coloque num recipiente de madeira ou plástico, deixe curar durante 24 horas e corte em barras. Esta receita produz aproximadamente 60 barras de sabão, pesando, em média, 360 gramas cada uma”, explicou.