Últimas Notícias

Quais cursos fazer para iniciar na área de e-commerce?

Hoje em dia, criar um e-commerce é uma excelente maneira de iniciar ou alavancar um negócio. Os avanços da tecnologia e seus constantes aperfeiçoamentos permitem diversas aplicações de serviços mais novos e adequados.

Porém, para uma pessoa que não trabalhe em áreas de tecnologia, principalmente ligadas à web, o conceito de criar um e-commerce do zero pode ser bem assustador. São muitos detalhes a serem observados, e você deve se atentar a cada um deles.

Isso porque qualquer ação errada pode acabar prejudicando o desempenho de seu site, seja comercialmente ou de maneira técnica, com lentidão de resposta e processos muito complexos para seus clientes.

Então, pensando nos pontos citados anteriormente, saber como vender cobertura retrátil preço, por exemplo, na internet requer conhecimento e técnica para conseguir alcançar os resultados adequados.

Dessa forma, muitas pessoas acabam optando por buscar o conhecimento em meios mais tradicionais, através de cursos e workshops que auxiliem a compreender melhor como é o processo de montagem e manutenção de um e-commerce.

Fazer um curso é necessário?

Em via de regra, não existe nenhum tipo de obrigatoriedade ou formalização para abrir um e-commerce no Brasil. Você pode começar sozinho, simplesmente montando a estrutura da loja virtual e lidando com os detalhes do empreendimento.

Entretanto, o setor exige uma série de conhecimentos técnicos que, muitas vezes, um empreendedor não possui. Nesse aspecto, aprender mais sobre os princípios do e-commerce e como se comportar enquanto loja na internet é muito útil.

Além disso, algumas pessoas não possuem nenhum conhecimento técnico para montarem uma estrutura para seu site. Embora existam empresas especializadas neste setor, muitas vezes os valores de montagem de um site são muito altos, beirando o abusivo.

Então, se você vende bloco de alvenaria, por exemplo, é necessário começar a estudar e  compreender as mudanças no serviço para a venda digital.

Dessa maneira, muitos empreendedores acabam optando por cursos mais completos de e-commerce, que exploram as bases de criar conteúdo pela internet, permitindo que você consiga fazer sozinho, pelo menos, o básico do empreendimento.

Além de procurar de forma autônoma por apostilas e workshops pela internet, você pode acabar consumindo uma série de materiais específicos, disponibilizados para qualquer pessoa aprender mais sobre este novo formato de empreendimento.

Além disso, muitas empresas que já tiveram um longo percurso no mercado digital acabam criando cursos específicos para auxiliar novos interessados em abrir e-commerces.

Estes cursos acabam sendo uma excelente oportunidade de aprendizado, principalmente ao lidar com profissionais qualificados e com histórico na internet, permitindo que você absorva este conhecimento para tomar decisões acertadas com relação a sua empresa.

Ademais, quando você pensa em, por exemplo, cimento queimado valor, isso pode acabar variando muito na internet e, por isso, é importante ter em mente o conhecimento desse novo mercado.

O que é ensinado em um curso da área?

O conteúdo programático em si pode variar, uma vez que cada instituição opta por uma grade própria de ensino baseada em seus estudos, vivências e nos profissionais que estão ministrando este curso.

Entretanto, a maioria deles utiliza alguns elementos importantes de qualquer empresa que deseja se posicionar corretamente no mercado, principalmente, para conseguir bons resultados na internet, por exemplo:

  • Como funciona o processo digital;
  • Como analisar a concorrência;
  • Plataformas disponíveis;
  • Marketing digital.

Todos estes elementos são importantes na construção de um e-commerce, uma vez que são informações que você obrigatoriamente terá que conseguir para que seu negócio tenha uma chance em um mercado cada vez mais competitivo.

Assim, você saberá exatamente o que precisa para conseguir vender, por exemplo, portas acústicas, ou qualquer outro item, pela internet.

Além disso, a maioria dos cursos oferece como um serviço adicional, uma seção de consultores para que você consiga ter um tratamento mais personalizado de seu negócio. Uma atenção especial ao tipo de empreendimento que você pretende fazer.

Esse tipo de ação é muito útil para você começar a movimentar sua empresa, principalmente entendendo como o mercado se comporta com relação a ela.

Muitas vezes uma ideia pode ainda não estar pronta para a ação do mercado, e precisar de alguns ajustes.

Um consultor saberá lidar de forma direta e objetiva, enquanto você pode ainda estar em um momento de euforia e de querer lançar logo no mercado o negócio. Por isso, esse tipo de ação acaba valendo muito a pena.

Investindo em um curso de e-commerce

Muitas pessoas ainda têm dúvidas se vale a pena investir em um curso de e-commerce. A resposta é que, mesmo que você possua conhecimentos técnicos para a montagem do site ou conheça o mercado digital, você só tem a ganhar com um curso destes.

Isso porque um curso de e-commerce vai auxiliar todo o projeto e a montagem de sua loja virtual, criando um ambiente muito mais seguro para você lançar seu empreendimento.

Lembre-se, não basta ser um bom vendedor de bomba de água para piscina, por exemplo, você precisa saber cativar o público virtualmente.

Muitas pessoas acreditam que a experiência em lojas físicas pode ajudá-los, mas isso não é necessariamente verdade. Embora as técnicas de vendas e de gestão sejam similares, o mundo digital é completamente diferente do que estamos acostumados.

Por isso, quanto mais você conseguir conhecimento técnico e apoio para a montagem e manutenção de seu empreendimento, maiores são as chances de conquistar os resultados adequados.

Estudar sobre o mercado digital permite que você tome decisões assertivas e consiga se tornar uma potência neste tipo de mercado, que a cada dia vem crescendo mais e gerando novas oportunidades de vendas.

O que procurar em um curso de e-commerce?

Existem diversos cursos disponíveis, tanto virtual quanto presencialmente, e você deve verificar aquele que mais se adequa às suas necessidades, para conseguir explorar com inteligência todo o conteúdo do curso.

Quanto mais informações você busca sobre a empresa e o conteúdo oferecido, mais fácil fica de fazer sua escolha com consciência e certeza de que está no caminho certo.

Então, quando donos de empresas de sinalização de emergência, assim como de qualquer outro negócio, querem apostar em um curso, os pontos que devem ser observados são:

Atente-se ao conteúdo

Um dos principais pontos de qualquer curso de e-commerce é o conteúdo oferecido durante o período de aprendizado. É possível que você encontre vários cursos com nomes similares, mas que diferem grandemente em conteúdo.

Para ter certeza de escolher a melhor opção para você, o primeiro ponto que deve ser levado em conta é identificar todo o material que será abordado. A maioria dos cursos disponibiliza o conteúdo programático antes de sua inscrição.

Então, se você trabalha vendendo impermeabilização de caixas d’água, por exemplo, com certeza, não se beneficiará de um curso que tem o foco em outro tipo de mercado, como um de loja de roupas.

Assim, você poderá escolher dentre as opções encontradas aquela que melhor se adequa a suas necessidades, identificando quais são os temas que mais lhe interessam e como você pode aproveitar para estudar.

Procure cursos reconhecidos

Um bom meio de garantir que você esteja fazendo uma boa escolha é ir atrás de um curso com reconhecimento no mercado.

Isso não se limita a cursos com muito tempo de existência, mas sim a um quadro reconhecido de profissionais entre o corpo docente.

Cursos com bons profissionais ministrando o conteúdo tendem a apresentar um material muito mais qualificado para aqueles que desejam explorar o conteúdo de forma inteligente e aproveitar para colocar seu negócio em prática.

Quanto mais você puder receber informações de pessoas que já trabalham na área e têm cases de sucesso para mostrar, mais valiosas serão as dicas e informações que ele passará para você.

Tipos de cursos para e-commerce

Alguns cursos podem não abranger todo o conteúdo necessário para um e-commerce, mas você pode procurar aquele que mais atende suas expectativas. Dentre os modelos mais comuns, podemos mencionar:

Curso para montar loja virtual

Este é um modelo mais técnico, que ensina a programação necessária para iniciar, quais são as principais plataformas no mercado e outros detalhes importantes da infraestrutura de uma loja virtual, um elemento fundamental na construção da empresa.

Curso de vendas pela internet

Engana-se o vendedor que pensa que seu conhecimento de atendimento presencial é o suficiente para atender pela internet.

O mercado digital é um conceito completamente novo, e deve ser tratado como tal. Aprender a lidar com o cliente virtual é um dos fundamentos do e-commerce.

Curso de imagens para e-commerce

Este tipo de curso é específico para fotografia publicitária, bem como quais conteúdos você deve abordar quando estiver criando material publicitário para a internet.

Uma vez que a maioria dos clientes não tem acesso ao material para visualizar e escolher, as imagens se tornam fundamentais na conversão de uma venda digital.

Por isso, é importante que o profissional saiba exatamente como criar material que seja cativante e instigue o público a consumir aquele tipo de produto.

Considerações finais

A educação é um dos principais pontos que devem ser levados em conta na estrutura de qualquer negócio. Realizar ações sem o conhecimento adequado pode levar um empreendedor à falência.

Por exemplo, uma empresa de pintura, hoje, precisa ter uma boa presença na internet se quiser bons resultados.

Por isso, aprofundar-se com cursos, workshops e palestras sobre um assunto importante pode ser a grande diferença que seu e-commerce terá no mercado, tornando-o uma potência competitiva.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.