Últimas Notícias

Dicas de cursos on-line e gratuitos para quem vai abrir um negócio

Administrar um empreendimento requer novas habilidades e competências. Instituições renomadas oferecem qualificação a quem deseja tirar o sonho do papel.

O número de novos empreendedores em 2021 é o maior em seis anos, segundo um levantamento feito pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Como base em dados da Receita Federal, o estudo mostrou que, nos primeiros seis meses do ano, 2,1 milhões de pequenos negócios foram criados. O volume representa um aumento de 35% em relação ao mesmo período de 2020 e o dobro quando comparado às empresas abertas em 2015.

A crise econômica provocada pela pandemia e a vontade de empreender são os motivos apontados pelo estudo para a abertura de micro e pequenas empresas no primeiro semestre de 2021. A pesquisa aponta o empreendedorismo como uma oportunidade para brasileiros que ficaram desempregados e procuram por uma nova fonte de renda.

Administrar um negócio requer novas habilidades e competências. Resultados e lucros, por exemplo, dependem de uma gestão adequada. Para adquirir conhecimento e desenvolver estratégias para empreender, microempresários individuais (MEI) e futuros empresários podem contar com cursos gratuitos e on-line.

Algumas dessas formações estão disponíveis em instituições de renome. Nos cursos, o empreendedor tem contato com noções de finanças, que demonstram como organizar essa área e como a conta digital PJ é uma ferramenta para isso.

Transformando sua ideia em modelo de negócio (Sebrae)

Esclarecer como é possível criar modelos de negócios inovadores é o objetivo do curso “Transformando sua ideia em modelo de negócio”, do Sebrae. A qualificação aborda o que é necessário para estruturar o empreendimento, trabalhando conceitos como fontes de receita, proposta de valor, segmento de clientes e estrutura de custos.

A capacitação dura quatro horas e os estudantes recebem certificado digital com verificação autenticada. As inscrições podem ser feitas pelo site do Sebrae.

Empreendedorismo (Senai)

Ensinar como gerenciar negócios como micro e pequenas empresas é o objetivo do curso “Empreendedorismo”, do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Nas aulas, são abordados conhecimentos que contribuem para a elaboração de planos de negócio e a identificação de novas oportunidades.

O curso tem duração de 14 horas e pode ser feito por pessoas a partir dos 12 anos. Com a conclusão da capacitação, o estudante recebe certificado de iniciação profissional em empreendedorismo. As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de dezembro de 2022, no site do Senai.

Empreendedorismo como opção de carreira (Sebrae)

Para que microempreendedores individuais e empresários possam aprofundar conhecimento sobre como funciona o universo do empreendimento, o Sebrae oferece o curso “Empreendedorismo como opção de carreira”.

O objetivo das aulas é capacitar os profissionais para estarem aptos a planejar um novo negócio ou, ainda, aprimorar o desempenho organizacional de um empreendimento em curso. A qualificação tem duração de três horas e as inscrições podem ser feitas no site do Sebrae.

Como se tornar um microempreendedor individual (Sebrae)

Quais são as vantagens de ser um microempreendedor individual? A resposta para essa pergunta é tema do curso “Como se tornar um microempreendedor individual”, também do Sebrae. As aulas abordam temas como os critérios simplificados da legalização e o tratamento tributário especial para o MEI.

Com duas horas de duração, a dinâmica das classes é dividida em dois módulos. É possível emitir o certificado de participação após a conclusão. A inscrição é feita no site do Sebrae.

Finanças básicas para empreendedores (Endeavor)

Controle do fluxo de caixa, projeções financeiras para atrair investimentos, estratégias de crescimento e análise do Demonstrativo de Resultado do Exercício (DRE) são conteúdos previstos no curso “Finanças básicas para empreendedores”, da Endeavor.

As videoaulas têm duração total de quatro horas e são direcionadas a empreendedores iniciantes do ramo que ainda não possuem domínio sobre finanças. As inscrições podem ser feitas no site da instituição.

Alinhamento entre vendas e marketing (FGV)

Estudantes do ensino superior, profissionais da área de marketing ou de outros campos do conhecimento que tenham interesse em aprender sobre “Alinhamento entre vendas e marketing” podem contar com o curso da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

São quatro módulos de aulas, totalizando cinco horas, sobre assuntos como a venda alinhada à estratégia de marketing e a evolução da abordagem de vendas. A FGV não disponibiliza certificado para cursos gratuitos, entretanto, é possível imprimir um comprovante de participação, caso o aluno alcance nota igual ou superior a 7 em avaliação final. As inscrições podem ser feitas no site da instituição.