Últimas Notícias

Casal é preso por negociar arquivos governamentais por cripta

pixabay

 

Diana e Jonathan Toebbe, ambos moradores do Condado de Jefferson, que fica no estado da Virgínia, foram presos recentemente pelo FBI. O casal vai responder na justiça norte-americana por espionagem, já que venderam diversos arquivos confidenciais pertencentes à Marinha dos Estados Unidos em troca de cerca de $100.000 em criptomoedas online.

Jonathan era um dos engenheiros do programa nuclear da Marinha norte-americana, e segundo as autoridades, o casal já vinha praticando esse crime desde 2020, tendo sido identificado por um membro do FBI disfarçado como um agente de um governo estrangeiro.

Uma das coisas que possibilitaram o crime foi o fato de que Jonathan, como engenheiro da Marinha norte-americana, tinha acesso a alguns dados restritos de projetos nucleares. Esses projetos também tinham inclusos diversas informações de cunho militar, que eram confidenciais. Jonathan guardava esses arquivos salvos em um pendrive, e os negociava na internet por meio de endereços de e-mail que eram criptografados.

Como o FBI descobriu o casal

Em junho de 2022, o agente do FBI que efetuou a prisão do casal fez a primeira transferência de 10 mil dólares, em criptomoedas, para eles. Essa quantia era referente a uma determinada negociação que vinha sendo feita desde de 2020. Alguns dias depois, Jonathan escondeu o cartão de memória com os arquivos governamentais dentro de um sanduíche, que depois entregou para o agente.

A fim de ganhar a confiança do casal, o agente deposita mais $20.000 em criptomoedas para eles. O agente então fez uma revisão do que havia dentro do cartão de memória, o que revelou que dentro dele existiam dados restritos, que estavam relacionados diretamente a reatores nucleares submarinos.

O casal foi preso em uma nova negociação realizada pelo agente, que prendeu a dupla no ponto de encontro, em uma cidade vizinha. Essas negociações acabaram assustando bastante a população norte-americana, mas a verdade é que esse tipo de crime acontece há muito tempo, sem que as pessoas saibam.

Porquê o casal decidiu receber em cripto

Muito provavelmente, o casal americano decidiu receber o dinheiro através de moedas criptográficas pela característica descentralizada que têm. Normalmente, as transferências são feitas na indústria de comércio criptográfico sem intervenção governamental. Esta é uma das principais razões pelas quais muitos investidores estão agora a procurar investir em moedas criptográficas. Se também estiver interessado em negociar e investir em criptologia, consulte o site oficial do Bitcoin superstar.

Dessa forma, o casal poderia simplesmente afirmar para a Receita Federal norte-americana que havia vendido algum imóvel ou outro produto, e que dessa forma recebeu as criptomoedas. Inclusive, essa é uma das grandes preocupações do Governo dos Estados Unidos com relação a esse setor.

De forma geral, as moedas virtuais são muito atrativas como forma de investimento, entretanto, não é novidade que elas são usadas como esquema para lavagem de dinheiro. Porém, a tecnologia por trás desses ativos tem avançado bastante, a fim de permitir que esse tipo de crime seja controlado de forma mais incisiva.

Governo norte-americano contra as criptos

Até o momento, o Governo dos Estados Unidos não decidiu se vai ou não interferir de forma mais incisiva sobre o mercado de criptomoedas. A verdade é que a economia norte-americana se preocupa muito com o impacto que o setor pode causar. É possível ver uma resistência forte por parte do governo americano em aceitar esse setor de braços abertos.

Muito possivelmente no ano que vem veremos regulamentações sendo emitidas de forma mais contundente. Até o momento, muitos estados norte-americanos já legalizaram o uso das moedas virtuais como meio de pagamento, inclusive, o estado do Texas tem se destacado bastante.

Isso aconteceu porque o estado abriu suas portas para mineradores de criptomoedas que estavam fugindo da China. O estado oferece energia barata e limpa para esses mineradores, que precisam dela para dar força ao poder computacional necessário para fazer a mineração.

Esses mineradores acabaram tendo que sair da China por conta das políticas governamentais contra o setor de cripto. Atualmente, o governo chinês vem lutando com bastante força para evitar que esse setor se desenvolva de forma rápida, e inclusive já proibiu a negociação de ativos virtuais dentro do território chinês.

Isso tem um grande impacto dentro do setor. Porém, como estamos falando aqui de um mercado de alta volatilidade, esses ativos já se recuperaram e estão em constante crescimento.