Últimas Notícias

Saiba a importância de saber manipular alimentos na hora de cozinhar

A segurança alimentar é verdadeiramente uma parte importante da indústria alimentar e não se pode subestimar a importância da manipulação de alimentos. Seja você um fabricante, consumidor ou distribuidor, todos estão incluídos na cadeia alimentar no processo.

A globalização dos alimentos pode trazer alimentos de diferentes regiões à sua porta, mas também aumenta o risco de contaminação dos alimentos para os consumidores. É por isso que a segurança alimentar é discutida em primeiro lugar.

Bactérias, vírus, parasitas ou produtos químicos causadores de doenças podem causar contaminação dos alimentos. Além disso, a contaminação dos alimentos pode ocorrer em qualquer fase de sua produção, processamento, distribuição, armazenamento e preparo.

A segurança alimentar é usada como uma disciplina científica que descreve todas as práticas usadas para manter os alimentos seguros. O termo marca o processo de manipulação, preparação e armazenamento de alimentos para prevenir doenças transmitidas por alimentos.

Importância da segurança alimentar

Se você acha que a segurança alimentar é apenas uma questão de restaurantes e fábricas de alimentos, então você não está entendendo adequadamente a importância da segurança alimentar. Também é importante que os cozinheiros domésticos saibam como preparar os alimentos de forma segura e higiênica em casa.

A segurança alimentar é importante de muitas maneiras. Aqui estão algumas notas importantes sobre a importância da segurança alimentar:

  • Alimentos contaminados com bactérias, vírus e parasitas podem causar intoxicação alimentar. A intoxicação alimentar pode representar sérios riscos à saúde;
  • A gastroenterite e a desidratação são frequentemente causadas por intoxicação alimentar. A intoxicação alimentar pode levar a problemas de saúde mais graves, como insuficiência renal;
  • Os alimentos contaminados podem parecer, ter gosto ou cheiro diferentes dos alimentos normais. Sem o conhecimento adequado de segurança alimentar, você não pode não perceber a diferença;
  • Bebês, crianças, idosos e mulheres grávidas são mais propensos a intoxicação alimentar devido ao sistema imunológico mais fraco.

Como manter a segurança alimentar

O principal objetivo desta discussão sobre segurança alimentar é tornar os conceitos de segurança alimentar simples para todos e ajudar as pessoas a entender a importância de manipular os alimentos da forma correta.

Bactérias e vírus como Campylobacter e Salmonella são uma causa comum de adoecimento no país. Seguindo estas dicas básicas e seguras de manipulação de alimentos, você sempre pode evitar a ameaça de ficar doente.

Mantenha os alimentos limpos

Manter os alimentos limpos é um padrão básico de segurança alimentar. Os micróbios são espalhados nos alimentos através do contato físico, portanto, manter as mãos e os utensílios de cozinha limpos é uma maneira de manter os alimentos limpos. Lave as mãos com água e sabão antes de manusear os alimentos e repita o procedimento enquanto cozinha.

Use superfícies limpas para preparar e cortar alimentos e limpe todos os utensílios com água quente e detergente após o uso. Lavar panos de prato, panos e aventais com frequência em alta temperatura ajudará você a manter sua comida segura e limpa.

Algo que pode ajudar é comprar cestas de limpeza, para ter todos os produtos que você precisa para a higienização em casa.

Mantenha alimentos crus e cozidos separados

Armazenar alimentos cozidos contendo ingredientes pode levar à contaminação dos alimentos e é um grande risco de segurança alimentar. Alimentos crus como carne, peixe e aves são mais propensos a conter microrganismos patogênicos.

Eles são facilmente transferidos para alimentos prontos para consumo por meio de contaminação cruzada de facas, tábuas de corte ou contato físico.

Para manter seus alimentos seguros, mantenha sempre os alimentos crus e cozidos separados. Use diferentes utensílios, tábuas de corte e facas para alimentos cozidos e crus. Não se esqueça de lavar as mãos após manusear alimentos crus e antes de cozinhá-los.

Cozinhar e reaquecer alimentos

Cozinhar alimentos a uma temperatura central de pelo menos 70°C por dois minutos mata a maioria dos microrganismos causadores de doenças nos alimentos. Cozinhe ou aqueça os alimentos a uma determinada temperatura até que estejam quentes. Você pode verificar a temperatura da sua comida com a ajuda de um termômetro de cozinha.

Armazene os alimentos da maneira correta

Armazenar alimentos na geladeira retarda o crescimento de microorganismos nocivos nos alimentos. Mas você não precisa refrigerar todos os tipos de alimentos. 

Para armazenar pão, alimentos secos, latas e potes fechados, você pode usar prateleiras limpas, secas e frias. Alimentos como leite, carne, peixe, aves e sobras precisam de refrigeração adequada. No entanto, é sempre recomendado armazenar cru e cozido separadamente.

Cozinha bem projetada

Você pode estar se perguntando: “Por que uma cozinha bem projetada é importante para a segurança alimentar?” É aqui que seu trabalho duro, estratégia, paixão e criatividade entram em jogo para criar uma ótima refeição para sua família ou clientes.

Em uma cozinha bem projetada, você pode manter tudo organizado e limpo, o que é um requisito essencial para a segurança alimentar.