Últimas Notícias

Como se preparar para receber seu bebê: dicas essenciais

Aguardar a chegada do bebê é emocionante e também torturante para a mamãe. Mas não torturante de um jeito ruim, claro que não. É assim porque a curiosidade em ver o rostinho do pequeno, suas mãozinhas, pezinhos e cada mínimo detalhe da aparência dele, é algo que toda mãe aguarda por 9 longos meses para sanar.

Principalmente quando se trata da chegada do primeiro filho, quando as mamães de primeira viagem estão ansiosas para começar a cuidar de seus bebês, quando o receio e o medo de fazer algo errado toma conta do coração dessas mães, mesmo que não seja necessário ter nenhum destes sentimentos.

Toda mãe cobra perfeição de si mesma. Perfeição na hora de cuidar, de amamentar, de lidar com os momentos de frustração e tudo mais que chega junto com a maternidade. Essa cobrança pode se dar por muitos motivos, mas geralmente, acontece por conta da pressão da sociedade sobre elas.

O mundo em que vivemos hoje, por mais que esteja cada vez mais evoluído, ainda possui algumas falhas que precisam ser resolvidas, e pressionar as mulheres, sejam elas já mães ou futuras mães, a respeito de uma maneira “certa” de cuidar de seus filhos, é uma dessas falhas da humanidade.

O fato é que não existe maneira certa ou errada de cuidar de um filho. Cada mãe sabe o que é melhor para si, assim como também sabe o que é melhor para o seu filho. Então, essa pressão da sociedade se faz incômoda, inconveniente e muito desnecessária.

O momento da maternidade deve ser respeitado e admirado, independente da forma que a mãe escolhe cuidar do seu pequeno, pois se ela está fazendo de determinada maneira, é porque considera que aquela é a maneira certa, e está tudo bem. As mães precisam de apoio e conforto, não de julgamentos ou opiniões que não foram pedidas a respeito de como estão cuidando de seus bebês.

Ainda assim, algumas se sentem inseguras e não sabem exatamente como devem ser os primeiros cuidados, que começam com as preparações para a chegada do bebê e, nestes casos, dicas e conselhos, sem dúvidas, podem ser muito úteis e mais do que bem vindos.

Pensando nisso, preparamos este artigo com algumas dicas essenciais que podem confortar e acalmar um pouco essas futuras mamães. Então, se você está em busca de algumas orientações, continue lendo este artigo e permita-se ser ajudada sobre os primeiros preparativos para a recepção do bebê que está a caminho.

Prepare o enxoval com antecedência

A primeira coisa que toda mãe precisa fazer, é preparar o enxoval infantil personalizado do seu bebê com antecedência. Isso evita que algum produto essencial seja esquecido, e também previne qualquer tipo de imprevisto que possa acontecer.

O chá de bebê é uma ótima maneira de conseguir itens para o enxoval, e pode até mesmo garantir uma boa economia para a mamãe na hora de ir às compras dos produtos e móveis necessários para a chegada do bebezinho.

Além disso, uma boa dica para as mamães que gostam de escolher tudo do jeito delas, é pedir os presentes em dinheiro, ao invés de pedir as roupinhas e demais produtos em si. Dessa forma, ela garante que tudo será feito exatamente do jeito que ela deseja.

Pense na praticidade

Quando falamos em praticidade, estamos nos referindo à praticidade da mamãe nos momentos de cuidados com o bebê, como na hora de colocá-lo para dormir no berço, na hora de dar banho e também nas trocas de fralda. Nestes casos, é a escolha dos móveis que garantirá, ou não, praticidade e mais conforto para a mamãe.

Por exemplo, um berço mais alto ajudará a mamãe a não ter que se abaixar tanto logo após o pós parto, bem como uma cômoda que também possa ser usada como trocador, facilitará os momentos das trocas de fralda.

Na hora do banho, deixar a banheira sempre no banheiro da casa evita a necessidade de locomoção da mesma e também de todos os itens de higiene utilizados na hora do banho.

Proteja as tomadas, quinas e janelas

Assim que o bebê começar a engatinhar, ele irá se encontrar em um mundo completamente novo e cheio de novidades para serem exploradas. Por isso, é importante certificar-se de que todos os perigos estarão bem longe do pequeno explorador.

Para isso, o primeiro passo é colocar protetores de tomada em todas as tomadas da casa, para evitar que o bebê coloque o dedinho ou algum brinquedo dentro dos buracos. Mas atenção, é preciso optar por protetores simples, para que eles não chamem a atenção do bebê.

Além dessa medida de proteção, também é preciso proteger as janelas com telas, especialmente se você morar em um apartamento, e colocar protetores de quinas em todos os lugares necessários como escadas, balcão de cozinha, mesas e onde mais for preciso para garantir a proteção do bebê.