Últimas Notícias

Como as empresas analisam os clientes antes de liberar crédito?

Já teve problemas com concessão de crédito? Saiba como a Inteligência Artificial funciona na análise de dados do consumidor

Você já teve um pedido de aumento de limite de crédito negado? Isso acontece quando as instituições financeiras não acreditam que você conseguirá pagar o valor da fatura. Esse pensamento é, inclusive, a origem da palavra “crédito”, que vêm da expressão crer ou acreditar.

Quando há um pedido de empréstimo ou de limite de crédito, os bancos fazem uma análise de crédito. Esse procedimento analisa se a pessoa física ou jurídica terá condições de pagar pelo valor requerido no futuro. É uma forma das empresas se precaver de possíveis prejuízos, conforme o perfil e histórico financeiro do solicitante.

Para processar todos esses dados, a Inteligência Artificial tem sido a solução das empresas que buscam eficiência, rapidez e assertividade no processo. Antes dessa tecnologia, as análises de crédito eram feitas manualmente por um analista de risco, demorando semanas para ter uma resposta do pedido. 

Entenda como a Inteligência Artificial está revolucionando o mercado financeiro, em especial, as concessões de crédito! 

O que é Inteligência Artificial?

A Inteligência Artificial (IA) é um avanço da tecnologia que pode ser adaptada para diversas áreas. O seu grande diferencial é sua capacidade de analisar informações e dados e, com isso, aprender a reconhecer padrões sobre o comportamento humano. Dessa forma, consegue reproduzi-lo de forma autônoma, sem interferência humana. 

Na prática, a IA está desburocratizando vários processos que antes só podiam ser feitos por humanos. Apesar de ser produto da computação, ela entende a atuação humana. É responsável, principalmente, por personalizar a jornada dos clientes nas empresas, entendendo suas necessidades e apresentando soluções.

Essa tecnologia é responsável pelas indicações de músicas do Spotify, pela seção “Recomendados para você” da Netflix, das respostas das perguntas feitas ao Google e da análise de crédito dos bancos. Ou seja, está presente em quase todas as áreas e tende a ocupar mais espaço cada vez mais.

Relação entre IA e análise de crédito

A tradicional análise de crédito consulta o score do solicitante – pontuação do Serasa que indica se o consumidor é bom ou mau pagador –, histórico financeiro, bens materiais, dívidas e informações gerais, sem relação com a área monetária. Com essas informações, decidem se devem confiar ou não na pessoa que deseja crédito.

O objetivo de implantar Inteligência Artificial nesse cenário é poder analisar uma quantidade maior de informações sobre o cliente e ter mais assertividade na análise. O mecanismo é vantajoso para a empresa que corre menos risco de inadimplência e, para o consumidor, que consegue fazer o requerimento sem precisar falar com o gerente, como era costume.

Ademais, com a união de tecnologia e finanças, mais pessoas têm acesso a créditos, o que é bom para a economia do país. Isso acontece, porque, com a IA, a análise vai muito além de conferir se o cidadão está com o nome sujo, e conta com milhares de outras informações que podem ser influenciáveis em uma análise quantitativa e qualitativa.

Outra vantagem é o direcionamento de estratégias. A empresa que conhece seu cliente, sabe a hora certa de oferecer e aprovar crédito. Pois, a Inteligência Artificial tem acesso aos hábitos, histórico de compras, pagamentos e tendências de consumo dos consumidores.

Para uma análise confiável utilizando IA, busque empresas qualificadas no mundo de dados, como a Neurotech, que prevê novas oportunidades de negócios e obtenha resultados expressivos.