Publicidade FENICS 2108 - RESERVE JÁ,JÁ, SEU STAND!  

PUBLICIDADE

COPASA - MONTES CLAROS
Inicio » Nacional » Brasil – Perfil que cria leis falsas vira sucesso na internet

Brasil – Perfil que cria leis falsas vira sucesso na internet

Um perfil humorístico que fala sobre as leis da Constituição Federal vem ganhando cada vez mais seguidores na internet nos últimos meses. O perfil Lei Federal no Twitter tinha, na manhã desta quarta, 22,3 mil seguidores e 540 “leis” publicadas, como a  n°7.497, de 2014, que estabelece: “Tirar fotos em velório caracteriza o crime de Danos Morais – Pena: reclusão de 4 anos e celular/câmera apreendido(a)”.

Perfil cria leis fictícias como esta, que proíbe filhos fingirem que estão dormindo
Perfil cria leis fictícias como esta, que proíbe filhos fingirem que estão dormindo

Já que as leis não acompanham a modernidade, o perfil sugere algumas punições para “crimes” do século 21. “Fingir que está dormindo quando os pais entram no quarto pra ficar mexendo no celular é crime – Pena: reclusão de 3 anos”, diz a “lei” n°3.398, de 2014.

A página foi criada em julho e é atualizada diariamente com novas leis. Veja algumas das pérolas criadas pelo perfil:

infoestaticoleifederalrep

Leia Também

Carreta Brahma chega ao norte de Minas para animar galera antes da Expomontes

Carreta Brahma chega ao norte de Minas para animar galera antes da Expomontes

* Por: Jornal Montes Claros - 20 de junho de 2018. Carreta Brahma chega ao …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas. O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).