Últimas Notícias

Mudança na tributação de cosméticos passa a valer em maio

Com a mudança, é esperada uma arrecadação adicional de R$ 381 milhões

Mudança na tributação de cosméticos passa a valer em maio
Mudança na tributação de cosméticos passa a valer em maio

A partir do dia 1º de maio, a carga de tributos sobre perfumes, batons, esmaltes, cremes para alisamento capilar, cremes para barbear e outros produtos vai aumentar. O decreto que modifica a cobrança de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) do setor de cosméticos, que equipara o atacadista ao produtor industrial, foi divulgado nesta quinta-feira, 29, no Diário Oficial da União.

A medida faz parte da série de aumentos de impostos anunciada pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e pelo secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, na semana passada, que compõe o ajuste fiscal em execução pelo governo. Com a mudança, é esperada uma arrecadação adicional de R$ 381 milhões.

Produtos como sais de banho, desodorantes, laquês, aromatizantes de ambiente e até incensos para cerimônias religiosas terão a forma de cobrança do imposto alterada. A regra não vale para shampoo, sabonete e condicionador.

Folhapress