Publicidade

Inicio » Mais Seções » Famosos » Morre diretor de ‘Para Sempre Alice’, que deu o Oscar a Julianne Moore

Morre diretor de ‘Para Sempre Alice’, que deu o Oscar a Julianne Moore

O cineasta Richard Glatzer, um dos diretores do filme “Para Sempre Alice”, com o qual Julianne Moore conquistou o Oscar há duas semanas, morreu nessa quarta-feira (11) vítima de esclerose lateral amiotrófica.

Richard Glatzer sofria de ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica)
Richard Glatzer sofria de ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica)

“Estou devastado. Richard era minha alma gêmea, meu colaborador, minha vida. Um verdadeiro artista e um homem brilhante”, escreveu no Twitter Wash Westmoreland, seu companheiro de vida e de profissão.

“Vê-lo lutar contra a esclerose lateral amiotrófica durante quatro anos com tanta coragem me inspirou e a todas as pessoas que conhecemos”.

Glatzer, 63 anos, embarcou com o companheiro na direção de “Para Sempre Alice” há um ano para contar a história de como uma mulher enfrenta a luta contra o Alzheimer precoce.

Com sua atuação, Julianne Moore levou o primeiro Oscar de sua carreira.

A atriz, que dedicou o prêmio a Glatzer, recordou na entrega do Oscar que o diretor optou por enfrentar sua doença fazendo o que mais gostava: se colocar atrás da câmera.

“Quando foi diagnosticado, Wash lhe perguntou o que queria fazer – Viajar? Ver o mundo? – e ele respondeu: fazer filmes, o que eu faço”, revelou a atriz.

Há dois anos, Glatzer e Wash dirigiram “The last of Robin Hood”, com Dakota Fanning, Susan Sarandon e Kevin Kline, que narra os últimos dias da vida do ator Errol Flynn.

Leia Também

Acesse agora as promoções de passagens de aéreas nos voos de Montes Claros para SP e Porto Seguro

* Por: da redação - 21 de setembro de 2018. Nesta sexta-feria (21/09) é possível …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *