FENICS 2019 - ACI

Inicio » Economia » Governo Federal corta pela metade gastos com telefone em 2015

Governo Federal corta pela metade gastos com telefone em 2015

As contratações conjuntas de empresas de telefonia por órgãos federais fizeram o Poder Executivo cortar pela metade os gastos de telefonia neste ano, informou nesta segunda-feira (19) o Ministério do Planejamento. De acordo com a pasta, as despesas com telefones fixos e celulares somaram R$ 63,1 milhões de janeiro a agosto, contra R$ 129,7 milhões no mesmo período do ano passado, uma queda de 51,3%.

Em comunicado, o Planejamento informou que a economia faz parte do esforço do governo federal para reduzir gastos
Em comunicado, o Planejamento informou que a economia faz parte do esforço do governo federal para reduzir gastos

.

.

Em comunicado, o Planejamento informou que a economia faz parte do esforço do governo federal para reduzir gastos, aumentar a eficiência e combater o desperdício na administração pública. Para a pasta, um dos principais motivos para a redução no gasto foi o sistema de licitação no qual os serviços de telefonia passaram a ser contratados de forma conjunta por vários órgãos desde o ano passado.

.
.
De acordo com o Ministério do Planejamento, a economia deve aumentar nos próximos meses com o decreto editado semana passada que introduziu um teto para os gastos com celular, tablet e modem no serviço público federal. Os limites também atingem a telefonia fixa.
Da Agência Brasil
.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *