Últimas Notícias
POS ON-LINE PUC MINAS

Comunidade no Facebook pede “fim dos privilégios para deficientes”

Comunidade no Facebook pede “fim dos privilégios para deficientes”

Em uma campanha no mínimo controversa iniciada ontem, o MRD recebeu uma enxurrada de críticas ao postar coisas do tipo: “Isenção de impostos de carro para deficientes.

Comunidade no Facebook pede "fim dos privilégios para deficientes"
Comunidade no Facebook pede “fim dos privilégios para deficientes”

.

.

Uma comunidade no Facebook chamada “Movimento pela Reforma dos Direitos” provocou reações de fúria nas redes sociais ao defender o “fim dos privilégios” para portadores de deficiência.

Em uma campanha no mínimo controversa iniciada nesta segunda(30), o MRD recebeu uma enxurrada de críticas ao postar coisas do tipo: “Isenção de impostos de carro para deficientes. Vamos parar”. Ou: “50% a menos de vagas para deficientes. A gente agradece”. “Quem já ficou horas atrás de uma vaga pra estacionar e sempre olhava pra aquelas vagas de deficiente vazias sabe como isso é importante. É para o bem-estar de muita gente. Junte-se a nós, assine a petição: http://tinyurl.com/peticaoMRD”, defendem os organizadores do movimento.

O internauta Érico Costa reagiu: “Ninguém vai pagar pelo ‘desconto’ do deficiente, apenas vai haver uma redução ínfima na arrecadação. Você deveria buscar curar a sua deficiência de caráter, isso sim”, ele postou.

Outro internauta disse nunca ter visto “ tanta idiotice”. “Fica deficiente otário, daí você irá perceber que não é um direito, e, sim, um obrigação do Estado!”.

Há quem acredite que trata-se, na verdade, de uma campanha às avessas. “Galera, dia 03/12 é o dia internacional do portador de deficiência. Reforço meu pensamento: isso é uma ação de conscientização”, publicou Lucas Cavalcante.

A reportagem entrou em contato com os administradores do site por meio de mensagem inbox na página no Facebook, mas não obteve sucesso. Na página, o movimento informa que, diante de tantas críticas, dará uma entrevista coletiva nesta terça-feira para explicar a campanha.

.

.

Veja as demandas do tal movimento:

– Redução em 50% das vagas exclusivas pra deficientes
– Fim das cotas para deficientes em empresas
– Redução em 50% de filas e assentos exclusivos para deficientes
– Pelo fim da isenção de impostos na compra de carro zero
– Pelo fim das cotas em concurso público
– Pelo fim à gratuidade para deficientes

.