Últimas Notícias

Montes Claros Handebol ganha experiência, mostra superação e aposta em temporada mais disputada em 2017

Montes Claros Handebol ganha experiência, mostra superação e aposta em temporada mais disputada em 2017

A equipe Feminina de Montes Claros que participou pela primeira vez da Liga Nacional de Handebol, fechou a sua participação no mais importante campeonato na modalidade com a cabeça erguida.

Montes Claros Handebol ganha experiência, mostra superação e aposta em temporada mais disputada em 2017
Montes Claros Handebol ganha experiência, mostra superação e aposta em temporada mais disputada em 2017

 

Mesmo sem vencer nenhuma das oito partidas disputadas, a equipe sob o comando da técnica Francis Almeida, mostrou maturidade durante a competição, evoluiu em alguns aspectos importantes como defesa e ataque, mas ainda ficou devendo nos contra-ataques.

Uma equipe ainda amadora, formada basicamente, com atletas das categorias de base do Júnior e Juniores, deu o seu melhor diante de adversárias focadas e que trabalham exclusivamente para a Liga Nacional, sendo profissional com patrocínio de peso e investimentos em grandes nomes nacionais do Handebol. Como por exemplo, jogadoras que compões a equipe Brasileira de Handebol.

Na quinta-feira passada (27), jogando em Santa Catarina, enfrentou o time de Concórdia, no Ginásio da Universidade do Contestado e perdeu por 37 a 14.  O jogo começou bem apertado, mas as adversárias foram superiores e ampliaram o placar no segundo tempo.

E no sábado, 29, encerraram a participação na Liga Nacional Feminina de Handebol 2016, enfrentando o time do Abluhand/FURB/FMD Blumenau/SC, no SESI – Centro Esportivo Bernardo Werner, em Blumenau. Jogando em seus domínios, as donas da casa venceram e fecharam o jogo em 44 a 22.

As norte-mineiras já haviam jogado contra as duas equipes, em Montes Claros, no Ginásio Municipal Ana Lopes, no Morada do Parque.  As duas equipes do Sul do País foram as primeiras adversárias do time mineiro.

No dia 15 de setembro, diante do Blumenau/SC o jogo terminou em 35 a 18. E no dia 17 de setembro, Montes Claros perdeu para Concórdia/SC, por 32 a 15. A equipe de Concórdia é vice-campeã da Liga Feminina em três edições: 2012, 2014 e 2015 e campeã em 2013.

Avaliação positiva

Francis Almeida avalia a participação de Montes Claros na Liga Nacional como equipe estreante na competição como positiva. “Nossa participação foi muito válida. Tivemos evolução na Defesa, mas pecamos muito nas finalizações. Tenho que reconhecer o esforço de todos envolvidos. Deram o máximo para representar a nossa cidade. Porém, precisamos de um investimento maior para poder competir realmente de igual para igual. Tivemos momentos de superação em todas as partidas, mas os erros técnicos ficam evidentes em competições de alto nível como a Liga Nacional. É muito complicado competir no mesmo nível com atletas que são profissionais e com um volume de jogo bem maior que o nosso. E sem volume de jogo e atletas adultas com mais experiências pecamos. Mesmo assim, só tenho que agradecer a cada atleta, dirigente e parceiro que estive conosco nessa competição”, destacou a técnica.

Conferência Sul/Sudeste/Centro

A Liga Nacional Feminina foi criada em 1997 pela Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) e começou com a participação de seis equipes. Nesta edição, conta com 19 times divididos em três conferências: Sul/Sudeste/Centro; Norte, e Nordeste.

A Conferência Sul/Sudeste/Centro tem cinco participantes: Handebol Montes Claros; UNC/Concórdia/SC; São Bernardo/ADC-Metodista/SP; Abluhand/FURB/FMD-Blumenal/SC e Esporte Clube Pinheiros/SP.

A Conferência Nordeste tem a participação de seis equipes na Chave “A”: HCP/Colégio Século (PB); Clube Português/AESO (PE) e BPE (PE). Pela chave “B” participam as equipes de Fortaleza/IFCE (CE); Hollanda/GHC/Maurício de Nassau/Codó (MA) e Moto Clube (MA).

Já a Conferência Norte tem a participação de oito equipes, também divididas em duas chaves com quatro times em cada.  Na chave “A” estão os times de Paysandu (PA); Santos (AP); Adalberto Valle (AM) e Castanhal (PA). E pela Chave “B”, estão as equipes de Nilton Lins (AM); Rádio Farol (RO); Sul América (AM) e Rio Negro (AM).

Já estão classificados para as quartas de final os representantes da Conferência Norte que terminou a fase classificatória. São os times de Paysandu e Adalberto Valle.

Pela Conferência Sul/Sudeste/Centro estão classificadas as equipes do São Bernardo/Metodista (SP) e Esporte Clube Pinheiros (SP). E pela Conferência Nordeste, Português/AESO (PE) e HCP/Colégio Século (PB) também garantiram participação nas quartas de final.  A Liga começou no último dia 1º de setembro e termina em 18 de dezembro.

Títulos MOC

O Handebol Montes Claros é o atual campeão Mineiro Adulto Feminino e bicampeão da categoria; conquistou o 3º lugar na Copa do Brasil de Handebol Feminino Adulto 2016 em Manaus/AM; 3º lugar no Campeonato Brasileiro de Clubes Adulto Feminino 2015; Octacampeã dos Jogos de Minas (JIMI) – Feminino; Tricampeã Brasileira de Handebol de Areia – Adulto; Campeão do Mineiro Infantil Feminino e Campeã do Mineiro Junior – Feminino.

 Por Wesley Gonçalves