FENICS 2019 - ACI

Inicio » Colunistas » Hesiodo José » Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Inutilidades Públicas

Após ser preso por pilotar uma moto em alta velocidade, embriagado e sem carteira de habilitação (CNH), um homem de 49 anos ainda era cego.

A prisão ocorreu na  quarta-feira (30), em Janaúba, em Minas Gerais. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor afirmou ser totalmente cego. O etilômetro teria constatado que ele estava com 0,90 miligramas de álcool por litro de ar. Ainda de acordo com a PRF, a abordagem foi realizada no posto da corporação, na BR-146, após o motociclista entrar no local em alta velocidade. O homem teria informado à polícia que estaria vindo de  Paraopeba e iria para  Pai Pedro (MG). Ele foi conduzido à delegacia da cidade e autuado por dirigir embriagado e por direção perigosa e por não enxergar. A moto foi apreendida e o suspeito liberado após pagar fiança e ser ajudado por familiar. “Você é totalmente cego? Eu não acredito, como é que veio pilotando de tão longe?” Perguntou o policial. “Sou cego mas não sou besta seu guarda, mantenho no mesmo lado da pista e vou buzinando para saírem da reta!” “O senhor nuca bateu?!” “Sim, bati uma vez em um cavalo, mas a culpa não foi minha nem dele!” “Como assim?” “Eu buzinei, mas ele não conseguir sair da frente pois estava piado!”.  Finalizou o ceguinho motoqueiro.

Mulher Explode tudo para matar barata

Barata não só é nojento, como é um sinal de que o local não está limpo. É preciso tomar medidas drásticas para erradicar essas pragas. Tanto é verdade, que uma faxineira Carioca , cujo nome não foi divulgado, foi trabalhar  na Rodoviaria de Brasilia -DF, quando se deparou com barata e não hesitou em agir rapidamente. A concentração de produtos químicos utilizado por ela foi tão grande, que o sanitário e a parte de uma loja foram pelos ares  em questão de segundos.Mas quem ouviu do lado de fora chamou a policia dizendo ser explosão de caixa eletrônico, ao ver a chegada da viatura dois neguinhos que estavam armados procurando vitimas para um assalto deitaram-se no chão e se entregaram.  Mesmo com a destruição, a mulher se mostrou indiferente com o incidente. Sua única preocupação era saber se a barata estava morta. Não há informações se a ‘faxineira bomba’ responderá processo por ação perigosa ou se terá que reembolsa os danos.

Riso da Hora

A esposa entra no escritório do marido com a mãe ao lado e diz: – Querido, é verdade que seu sócio acaba de morrer? – É sim, por que? – Pode colocar a mamãe no lugar dele? – Claro amor, por mim tudo bem, só veja com o Coveiro se não tem problemas de enterrar viva!

Fica assim, amanhã tem mais…

Por Hesiodo José

Hesiodo José

Hesiodo José
Hesiodo José

 

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *