PÓS-GRADUAÇÃO PUC MINHAS em MONTES CLAROS

Obtenha mais clientes com a sua ficha do Google
Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Preso no Rio segundo suspeito de participar de morte de advogado de Montes Claros

Montes Claros – Preso no Rio segundo suspeito de participar de morte de advogado de Montes Claros

Montes Claros – Preso no Rio segundo suspeito de participar de morte de advogado de Montes Claros

Um jovem de 18 anos que supostamente teria envolvimento no assassinato do advogado Pedro Juliano Freitas Mendes, de 32 anos, natural de Montes Claros  foi preso pela Polícia Civil.

Montes Claros - Preso no Rio segundo suspeito de participar de morte de advogado de Montes Claros
Montes Claros – Preso no Rio segundo suspeito de participar de morte de advogado de Montes Claros.

O suspeito, conforme a corporação, foi detido no Rio de Janeiro por meio de mandado de prisão. Além dele, outro rapaz de 21 anos também já havia sido capturado por participação no crime.

A vítima foi morta no dia 20 de fevereiro dentro do apartamento que morava, na região da Savassi, região Centro-Sul de Belo Horizonte. As investigações sobre a motivação do homicídio ainda estão em curso, mas a polícia acredita que Pedro tenha sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte).

O crime

O advogado foi morto após ter sido esfaqueado no pescoço. Câmeras do circuito interno do edifício registraram o momento em que a vítima chegou ao apartamento acompanhado de dois homens. Os vídeos ainda mostram que os homens deixaram o condomínio carregando malas pertencentes a Pedro com itens roubados do apartamento.

De acordo com a polícia, os suspeitos levaram um aparelho de televisão, um vídeo-game, um celular novo e uma caixa de jóias.

O advogado era filho do promotor Marisson Maurício Mendes, que é de Mato Verde e atua em Montes Claros, cidade natal da família da mãe do advogado.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *