Últimas Notícias
Casa das Apostas Online Betway

Montes Claros – Câmara Municipal debate soluções para o abastecimento de água em Montes Claros

Montes Claros – Câmara Municipal debate soluções para o abastecimento de água em Montes Claros

A Câmara Municipal de Montes Claros realizou na manhã desta quinta-feira (23/03/2017), uma Audiência Pública para discutir a situação do abastecimento de água em Montes Claros.

Montes Claros - Câmara Municipal debate soluções para o abastecimento de água em Montes Claros
Montes Claros – Câmara Municipal debate soluções para o abastecimento de água em Montes Claros

 

A reunião é de iniciativa do Vereador Soter Magno (PP), que destacou a necessidade de tomada de posição política diante do agravamento da distribuição de água no município.

Roberto Botelho, representante da COPASA, destacou a grave crise hídrica enfrentada em Montes Claros, sendo necessário a execução de medidas emergenciais, já em ocorrência no município, como rodízio na distribuição da água e perfuração de poços, para que até outubro deste ano seja compensado a retirada da água da barragem de Juramento. O coordenador do DENOCS, Guilherme Ramos, afirmou que é preciso pensar no futuro, pois o plano para atendimento eficaz da barragem era até o ano 2000, estando hoje com 30% de sua capacidade, além de ser de fundamental importância para a sobrevivência de Montes Claros a construção da barragem de Congonhas.

O deputado estadual Carlos Pimenta (PDT), apresentou denúncias apresentadas por moradores, relativas a perfuração de poços nas nascentes do rio por empresas de reflorestamento de eucalipto. Segundo o Parlamentar, a situação, é muito mais séria do que estamos pensando, pois não está sendo feito nenhum controle na abertura destes poços, tendo como solução definitiva o projeto Congonhas. Para o secretário municipal de meio ambiente, Paulo Ribeiro, todos nós somos culpados, pois os problemas e as soluções são conhecidas. Assim, é preciso que seja desenvolvido uma política de recuperação dos mananciais, para que as empresas que utilizam desta matéria-prima possam trabalhar na recuperação do solo e reflorestamento.

A população presente cobrou melhorias relativas ao serviço de distribuição de água pela COPASA, além de apresentar medidas para a reutilização da água nas moradias. Para José Gomes Assis, é possível sim, com soluções caseiras, diminuir o impacto da má utilização da água pela população através da reutilização e captação de água da chuva. Para Soter, foi possível perceber pela Audiência a importância do debate e da proposição de projetos para a resolução do problema hídrico enfrentado não só por Montes Claros, mas por toda a região. O Vereador destacou a importância de se implementar um fórum permanente, proposto pelo representante do IBAMA Rafael Chaves, para debater e fiscalizar estas empresas.

BARRAGENS

A barragem de Juramento, localizada entre os municípios de Montes Claros e Juramento, é  responsável pelo abastecimento de água de 70% das casas montes-clarenses. A construção da barragem de Congonhas permitirá a perenização do rio de mesmo nome. Ao lançar água no reservatório de Juramento, a barragem contribuirá para garantir o abastecimento de Montes Claros pelos próximos 50 anos. Também propiciará a perenização do Rio Verde Grande, que tem mais de 5 mil hectares de culturas irrigadas.