POS ON-LINE PUC MINAS

Coluna da Jerusia Arruda – Direto de Brasília

Coluna da Jerusia Arruda – Direto de Brasília

MAIO AMARELO

O mês de maio é marcado pela campanha de conscientização para prevenção de acidades de trânsito em todo País – o Maio Amarelo. No Distrito Federal, as ações da campanha foram intensificadas neste ano, especialmente em relação aos riscos da associação de álcool e direção. Isso porque os flagrantes de motoristas pegos dirigindo após consumir álcool na capital do País aumentaram 54%, se comparado ao mesmo período do ano passado. Nos primeiros quatro meses deste ano, o Departamento de Trânsito (Detran) autuou 6.864 condutores alcoolizados. São 2.415 multas a mais que no mesmo período de 2016, quando foram flagrados 4.449. O número deste ano é preliminar, pois ainda existem multas em processamento.

 

VIDA FORA DA PRISÃO

Após a turbulenta chegada à sua casa, no Setor Sudoeste de Brasília, quando foi recebido com agressões e gás de pimenta por manifestantes, na última quinta-feira, ao sair da prisão, o ex-ministro José Dirceu disse que planeja em se mudar para um bairro mais tranquilo. Condenado na Lava-Jato e no Mensalão, José Dirceu cumpria pena no Presídio de Pinhais, em Curitiba (PR), desde agosto de 2015. Em prisão domiciliar e utilizando tornozeleira eletrônica, o ex-ministro agora reside com a mulher e a filha no último andar de um prédio de seis andares no Setor Sudoeste, região administrativa com o metro quadrado construído mais caro de Brasília, e disse que tem sido perturbado pela presença de manifestantes, inclusive simpatizantes.

 

PARQUE DA CIDADE ABANDONADO

Nesse final de semana foi realizada a 6ª edição do Festival do Japão-Brasília, no Pavilhão ExpoBrasília, no Parque da Cidade, no centro de Brasília/DF. Com uma programação especial com shows musicais, artes marciais, exposições, workshops e, é claro, a rica gastronomia japonesa, o festival serviu para reverenciar a cultura oriental, mas também evidenciou a triste situação de abandono em que se encontra o Parque da Cidade, o maior da América Latina, e o grande espaço dos brasilienses para caminhar, pedalar e contemplar a natureza. As áreas verdes que inspiraram Renato Russo a compor o sucesso Eduardo e Mônica estão com as ruas de acesso intransitáveis e a Praça das Fontes e o jardim projetado por Burle Marx em total abandono. Pedalinho e piscina de ondas são apenas lembranças de um passado distante. O lugar ainda é lindo, mas está mal cuidado, largado pelo GDF.

 

GREVISTAS TÊM PONTO CORTADO

Não adiantou reclamar. O Governo do Distrito Federal (GDF) descontou no contracheque dos professores os dias não trabalhados, durante a greve da categoria que durou 29 dias. Mesmo com a garantia do Sindicato de que os professores irão repor os dias parados, a Secretaria de Planejamento do DF disse que o governo está cumprindo a determinação da Justiça de cortar o ponto, por considerar a greve ilegal. O GDF, o Sindicato e o Ministério Público realizaram algumas reuniões buscando um acordo para fazer uma folha suplementar e pagar os dias parados, mas isso ainda depende do aval da Justiça.

 

CONTAS INATIVAS DO FGTS

A partir da próxima sexta-feira, os trabalhadores que nasceram em junho, julho e agosto e que têm dinheiro nas contas inativas do FGTS vão poder sacar os valores. A Caixa Econômica Federal fará horário especial de atendimento durante o final de semana. O trabalhador deverá apresentar a carteira de trabalho apenas para efetuar saque acima de R$ 10 mil, mas a orientação da Caixa é que todos levem o documento, para o caso de correção de algum erro. O prazo final para o saque é 31 de julho.

 

GANGORRA

É grande a expectativa dos simpatizantes petistas em relação ao depoimento do ex-presidente Lula ao juiz federal Sérgio Moro, marcado para esta quarta-feira, em Curitiba. Enquanto Moro divulgou um vídeo pedindo aos apoiadores da Lava-Jato para que não compareçam à sede da Justiça Federal durante o depoimento, o líder do nacional do MST, João Pedro Stédile, disse que o movimento vai levar 20 mil militantes para acompanhar o depoimento e que será realizado um ato após a oitiva. A Central Única dos

Trabalhadores (CUT) inclusive disponibilizou carretas entre os sindicatos e pretende levar cerca de 30 ônibus à capital paranaense.

 

SEGUNDO ROUND

A discussão da Reforma da Previdência (PEC 287/16) será retomada pela Comissão Especial, na manhã desta terça-feira, para votar os 12 destaques que faltam para a aprovação do texto. O texto-base foi aprovado na semana passada. Depois de analisada pelo colegiado, a proposta precisa ser votada em dois turnos pelo Plenário e receber pelos menos 308 votos para ser aprovada e encaminhada para análise do Senado.

 

 

Jerusia Arruda
Jerusia Arruda