FENICS 2019 - ACI

Inicio » Minas Gerais » Alto Paranaíba » MG – Homem mata ex-mulher, esfaqueia os irmãos dela e liga para a sogra

MG – Homem mata ex-mulher, esfaqueia os irmãos dela e liga para a sogra

MG – Homem mata ex-mulher, esfaqueia os irmãos dela e liga para a sogra

"Eu fui lá (no apartamento das vítimas) para acertar as contas com minha ex", disse o criminoso à PM
“Eu fui lá (no apartamento das vítimas) para acertar as contas com minha ex”, disse o criminoso à PM

 

Um homem de 29 anos se entregou à polícia na madrugada desta quinta-feira (5), em Patos de Minas, no Alto Paranaíba, depois de matar a facadas a ex-mulher, de 24, e o irmão dela, de 20. Ele ainda esfaqueou a ex-cunhada, de 22, que está internada em estado grave, e ligou para a sogra para avisar sobre os crimes.

As três vítimas foram atacadas pelo assassino em um prédio onde mora a família na rua João Cunha, no bairro Caiçara.

Quando a Polícia Militar (PM) chegou ao edifício, o criminoso já havia deixado o local em seu carro e seguido para uma delegacia da cidade.

Na garagem do imóvel, os militares encontraram a mulher morta com diversas perfurações. Nas escadas, a irmã dela estava ensanguentada, com vários cortes, mas consciente. Desesperada, a jovem contou que o irmão delas estava ferido dentro do apartamento, no primeiro andar. Os policiais foram até lá e encontraram o rapaz morto. A única sobrevivente foi encaminhada em estado grave para um hospital do município.

Ainda conforme a PM, ao se apresentar à polícia, o bandido contou todos os detalhes do crime e entregou a faca utilizada para assassinar as vítimas. Ele afirmou que foi até o prédio, já armado, para ter uma conversa com a ex-mulher. No local, eles discutiram e, em seguida, ele a atacou diversas vezes. A irmã ouviu os gritos e desceu correndo as escadas para tentar salvá-la. No entanto, o assassino a encontrou no meio do caminho, a esfaqueou e correu para o apartamento onde matou o irmão delas.

Conforme o relato do criminoso à PM, o casal se separou na semana passada. Ele contou que a ex-mulher “não o deixava em paz” e que ela continuava ligando para os pais dele, que moram em Brasília, para “tentar queimá-lo com a própria família”.

Diante dessa situação, o criminoso disse que foi até o prédio “para acertar as contas” com a ex e ainda ressaltou que “não se arrepende dos crimes”.

Segundo a Polícia Civil, o homem confessou os crimes na delegacia, e que, inclusive, já tinha procurado a ex-mulher com intenção de matá-la. Ele vai responder pelos crimes de duplo homicídio e feminicídio. A Polícia Civil também trabalha com a linha de investigação de que esse é um crime passional.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *