Inicio » Cultura MOC » Cultura Moc – Sempre Um Papo chega a Montes Claros – com Carlos Herculano Lopes

Cultura Moc – Sempre Um Papo chega a Montes Claros – com Carlos Herculano Lopes

Cultura Moc – Sempre Um Papo chega a Montes Claros – com Carlos Herculano Lopes

O Sempre Um Papo, projeto que promove debates com escritores há 31 anos, chega Montes Claros, levando o escritor e jornalista Carlos Herculano Lopes, para lançamento do livro “Poltrona 27” e também para falar sobre o tema “Livros adaptados para cinema e TV”.  O evento será no dia 24 de outubro, terça-feira, as 19h30, com entrada gratuita. 

Carlos Herculano Lopes
Carlos Herculano Lopes

 

Carlos Herculano Lopes nasceu em Coluna, no Vale do Rio Doce (MG) e vive em Belo Horizonte desde à adolescência. Com passagens por vários jornais, durante 14 anos assinou uma crônica semanal no Estado de Minas, ao lado de nomes como Frei Betto, Affonso Romano de Sant´Ana e Marina Colassanti. Com 15 livros publicados, o escritor venceu alguns dos prêmios mais importantes do país, como o Guimarães Rosa, o Prêmio Cidade de Belo Horizonte,  e a Bienal Nestlé de Literatura Brasileira. Foi duas vezes finalista do Prêmio Jabuti, com os romances “A Dança dos Cabelos, e “O Vestido”, que foi filmado por Paulo Thiago,e publicado na Itália. Antes outro livro seu, “Sombras de Julho”, também foi levado às telas, por Marco Altberg. Sua última experiência nessa área aconteceu recentemente, quando Paulo Thiago adaptou o  mais recente romance, “Poltrona 27”, para uma série de seis capítulos, que foi levada ao ar no primeiro semestre desse ano, no Canal Brasil. Totalmente rodado em Minas, na região da Serra do Cipó, cada episódio de Poltrona 27, dura cerca de 30 minutos, e tem como protagonista o ator Tuca Andrada, que durante viagens de ônibus, pelo interior do Estado, ouve histórias contadas por passageiros que se assentam ao seu lado.  “Tenho sido uma experiência e tanto ver os meus livros adaptados para o cinema e a televisão, pois dá uma grande visibilidade para os mesmos, e ajuda a divulgar o trabalho”, diz Carlos Herculano Lopes. O seu primeiro romance, “A Dança dos Cabelos”, é um dos indicados para o vestibular da UEMG-Universidade do Estado de Minas Gerais/2018.

Livro – Poltrona 27

É véspera de feriado e a rodoviária está lotada de gente. Carlinhos tem em mãos uma passagem com destino a Santa Marta, cidade onde nasceu e para onde parte agora, já adulto. Na poltrona 27 – a mesma que costuma ocupar em sucessivas viagens –, ele será o observador atento de diversos personagens que deixam Belo Horizonte em direção ao interior de Minas Gerais, cada qual com um motivo, uma perspectiva.

São homens, mulheres, jovens, senhores: os passageiros, em sua vida árida, enxergam no êxodo uma gama de oportunidades. E, sempre que podem, retornam à família, às bolinhas de gude, aos amigos, aos cavalos, à casa onde cresceram. São mineiros que, assim como Carlinhos, buscam uma nova terra para arquitetar a vida adulta, construindo assim dois mundos: o da maturidade e o da memória.

Neste saboroso romance de Carlos Herculano Lopes, misto de ficção com autobiografia, o fio que conduz o ônibus através da rodovia BR-381 é a confidência. O balanço do trajeto convida para o ombro amigo, sempre disposto a ouvir as histórias do conterrâneo que viaja na poltrona ao lado.

Essas histórias nem sempre têm um final feliz. É assombrosa a quantidade de acidentes que levam à morte na região, geralmente trazida pela correnteza do rio. Mesmo assim, marcados pelo otimismo, os passageiros não têm tempo para sentir tristeza. No lugar, sentem saudade.

Serviço – Sempre Um Papo em Montes Claros

Autor convidado: Carlo Herculano Lopes
Dia 24 de outubro, terça-feira, às 19h30, com entrada gratuita
Local: Centro Cultural Hermes de Paula
Praça Dr Chaves, 32, Centro

Informações: www.sempreumpapo.com.br

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaços abaixo são destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail valido).