Inicio » Educação » Enem 2019 » Enem 2017 – Depois de muita preparação, provas do Enem se aproximam

Enem 2017 – Depois de muita preparação, provas do Enem se aproximam

Enem 2017 – Depois de muita preparação, provas do Enem se aproximam

Com a proximidade da prova, que é a chance para muitos terem acesso à universidade, é comum a ansiedade naqueles que se prepararam ao longo do ano. Para estes, os especialistas dão algumas dicas valiosas.

Enem 2017 - Depois de muita preparação, provas do Enem se aproximam
Enem 2017 – Depois de muita preparação, provas do Enem se aproximam

 

Segundo o professor de história Rodrigo Martelli, da Rede Chromos de Ensino, na semana que antecede o primeiro teste, os inscritos devem revisar os principais conteúdos aplicados durante o ano. “É preciso analisar o que é mais cobrado em cada disciplina. Esse é um fator importante”, diz. “Na matéria que leciono, por exemplo, todo ano caem temas como Era Vargas, regime militar, República Velha, questões envolvendo a luta negra no Brasil e no mundo, além de patrimônio e diversidade cultural”, completa.

Durante todo o processo de preparação para o Enem, a rotina de muitos estudantes é estressante. Afinal de contas, são diversos conteúdos que devem ser estudados ao longo do ano e, por isso, de acordo com Martelli, o dia anterior à prova precisa ser diferente dos demais. “Acho que o aluno deve dar uma breve estudada e, depois, procurar fazer algo que o relaxe, como ir ao cinema. Também é importante que ele tente dormir assim que sentir sono para descansar e estar pronto para realizar o exame no dia seguinte”, frisa.

Instruções. Para o coordenador do ensino médio da unidade Carlos Prates do Coleguium Rede de Ensino, Judson Lima, a semana que antecede a prova deve ter um foco maior no lado psicológico. “O aluno que se preparou bem e realizou uma bateria de simulados ao longo do ano construiu uma estratégia para realizar as provas do Enem. Essa base de conhecimento é que deve ser aplicada no momento do teste”, justifica.

Para ele, o ideal é que na reta final o candidato procure fazer uma aula de meditação e atividade física, para que possa chegar o mais tranquilo possível ao local do exame.

A orientação do professor Agnaldo Ângelo, do Colégio Unimaster/Grupo SEB, é que o estudante comece a prova pelas disciplinas em que ele tem mais aptidão, pois, assim, vai conseguir responder às questões mais rapidamente. “Isso faz com que o aluno não fique cansado e consiga mais tempo para resolução daquelas matérias mais complicadas”, ressalta.

Além disso, Ângelo também reforça que “é importante que o discente saiba interpretar o conteúdo informado na pergunta, pois as resoluções das questões, em parte, se encontram dentro da estrutura do texto”, destaca.

Costume. Tradicionalmente, o Enem apresenta critérios de competências e habilidades, com o objetivo de incentivar o raciocínio nas questões que medem o conhecimento dos alunos por meio de enfoque interdisciplinar. Dessa forma, as questões são contextualizadas e exigem do estudante a aplicação prática do conhecimento, e não a mera memorização de informações.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *