Matrículas Aberta - Escola Adventista

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Nacional » Presidente da República Michel Temer deve vetar novas medidas contra aplicativos de mobilidade

Presidente da República Michel Temer deve vetar novas medidas contra aplicativos de mobilidade

Presidente da República Michel Temer deve vetar novas medidas contra aplicativos de mobilidade

O Palácio do Planalto sinalizou disposição em vetar qualquer medida anti-Uber que venha a ser aprovada pelo Congresso. O presidente Michel Temer ainda não tomou uma decisão sobre o tema, mas seus auxiliares afirmam que seria um “retrocesso” proibir os aplicativos de transporte de passageiros.

Presidente da República Michel Temer deve vetar novas medidas contra aplicativos de mobilidade
Presidente da República Michel Temer deve vetar novas medidas contra aplicativos de mobilidade

 

Principal deles, o Uber tem cerca de 500 mil motoristas cadastrados em todo o país – há um ano, eram 50 mil. A empresa atua ao lado das concorrentes Cabify e 99.

Pelo projeto aprovado na Câmara em abril, o serviço dos aplicativos de transporte deixaria de ser uma “atividade de natureza privada”. Os carros passariam a ser classificados como “de aluguel”, similares a táxis. O projeto, porém, já foi abrandado pelo Senado, nesta semana, e agora será analisado de novo pela Câmara dos Deputados.

Ministros próximos a Temer afirmam que é preciso pensar em alternativas para criar condições de concorrência, como o financiamento para motoristas de táxi, para que esses tenham acesso a tecnologias semelhantes à dos aplicativos. Aliado do presidente, o ministro da Secretaria Geral, Moreira Franco, disse que uma das possibilidades analisadas é um subsídio, via Caixa Econômica Federal, para taxistas de todo o país.

“Cada iniciativa deve vir seguida de uma modelagem financeira, mas creio que não podemos criar dificuldades ao avanço da tecnologia. Quando o governo proíbe o aplicativo, acaba andando contra a própria história”, disse Moreira Franco.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *